Economia

País elabora estratégia de segurança alimentar

Venâncio Victor | Malanje

Jornalista

A estratégia Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que vai ser implementado a partir de 2021 a 2030, deve ser elaborada e alinhada às metas traçadas com base no Plano Nacional de Desenvolvimento (PND) 2018-2022, e da Agenda da União Africana 2. 063, defendeu segunda-feira última, em Malanje, o secretário de Estado para os Recursos Florestais, André de Jesus Moda.

03/08/2021  Última atualização 10H33
© Fotografia por: DR
O governante discursava na abertura de um seminário regional de diálogo de sistemas alimentares e de consulta pública sobre a Estratégia Nacional de Segurança Alimentar, que decorre até ao dia 3 do corrente mês, sob o Lema "a Contribuição da Agricultura nos Sistemas Alimentares”.

 O secretário de Estado para os Recursos Florestais, disse ser necessário que a problemática da segurança alimentar tenha uma abordagem sectorial para o aliviar do sistema alimentar vinculada aos esforços nacionais e internacionais, de formas a alicerçar, transformar o sistema produtivo do país para alcançar os 17 objectivos de desenvolvimento sustentável. André Moda acrescentou que, a  nova agenda internacional centrada em sistemas alimentares sustentáveis vai permitir à Angola e demais países da região, a alinhar-se a estratégia da segurança alimentar e nutricional concertada nas metas e objectivos da cúpula mundial do sistema alimentar como formas de angariar mais facilidades e apoios internacionais complementares para implementação dos seus  planos e acções.

O governante defendeu uma maior promoção e valorização do potencial do país  considerando que,  os sistemas alimentares sustentáveis dependem de acções concretas, coerentes e alinhadas à boa governação ,da consciência nacional, bem como, a responsabilidade pela causa comum.

O secretário de Estado disse também ser importante a coesão e colaboração mútua da sociedade angolana e das famílias em torno de uma alimentação segura para sustentar o sucesso de uma alimentação adequada que visa lançar as bases do sistema alimentar em Angola.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia