Política

Orçamento está disponível para construção de pontes

O ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, garantiu, em Caxito (Bengo), que já existe do ponto de vista financeiro, condições reais para a construção das pontes do Panguila e de Kifangondo.

17/04/2019  Última atualização 08H29
Edmundo Eucílio| Edições Novembro

O governante falava à imprensa, após visita de constatação às obras integradas de Caxito, na ocasião anunciou que está lançado o concurso para a concessão e construção, com maior urgência, das duas pontes. "É importante, que se executem, rapidamente, essas empreitadas, porque qualquer acidente nessas pontes, pode criar um constrangimento sério, principalmente, para a região Norte do país", concluiu.

As pontes do Kifangondo, sobre o rio Zenza e de Panguila, na lagoa com o mesmo nome, apresentam um estado degradado que levou à interdição, no ano passado, para obras paliativas. Construída em 1972, a ponte sobre o rio Zenza tem cerca de 100 metros de comprimento, dez de largura e duas faixas de rodagem. A mesma, apresentava rupturas nas duas vigas transversais, com deformações do lado direito da infra-estrutura, devido à passagem de veículos acima das 40 toneladas.
O ministro informou, que foi já foi lançado o primeiro programa para o concurso pú-blico de um plano, que visa a reabilitação das estradas de todo o país. "Estamos a fazer operações de tapa buracos, nalgumas vias e noutras trabalhos profundos, para, numa primeira fase, estabelecer as condições técnicas de trafegabilidade nos troços, em todo o país. Seguidamente (vamos), implantar o sistema de balanças para assegurar que o tráfego pesado não exceda o que está regulamentado, para esses pavimentos", anunciou o ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política