Opinião

29/01/2023 Última atualização 17H52
Opinião

A filosofia anti-colonial nos PALOP - III

Em dois textos anteriores desta série, formulei perguntas que parecem ter tido respostas na corrente argumentativa. Contudo, é necessário compreender o modo como se desenvolve o discurso e o pensamento sistemático das sucessivas gerações de intelectuais, escritores e políticos, bem como o sentido da acção anti-colonial, enquanto experiência partilhada pelos Africanos.

29/01/2023 Última atualização 06H10
Opinião

Era tecnológica solidifica políticas públicas

O país completou a primeira fase do processo de busca de meios para a sustentação das necessidades tecnológicas, com a entrada em funcionamento, na sexta-feira, do Centro de Controlo e Missão de Satélites.

29/01/2023 Última atualização 06H05
Opinião

O pensamento estratégico de JLo

Em 1947, nascia em Ann Arbor, estado de Michigan, EUA, um homem que viria a contribuir no domínio da administração e economia, com a teoria 5 forces (as 5 forças). Contudo, somente em 1979 ficou conhecido em todo o mundo como as 5 forças de Michael Porter.

29/01/2023 Última atualização 06H00
Opinião

O ónus da exploração mineira na RDC

Prestimoso leitor, se olhar à sua volta, poderá identificar aparelhos electrónicos sem os quais julgaria a vida impossível. Provavelmente, o aparelho que nos está a permitir esta conversa silente, através dos olhos, seja um deles.

28/01/2023 Última atualização 08H15
Opinião

Estabilidade macroeconómica

O crescimento dos últimos dois anos já indicava o cenário confirmado, na última segunda-feira, pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica. A afirmação de Manuel Nunes Júnior, feita no Parlamento, durante a discussão, na especialidade, da proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o ano em curso, foi a certificação dada por uma fonte oficial: depois de alguns anos de retrocesso, o país atingiu a estabilidade macroeconómica.

28/01/2023 Última atualização 08H10
Opinião

Visita da Bélgica: um novo impulso?

A visita que a Ministra dos Negócios Estrangeiros belga, Hadja Lahbib, fará a Luanda na próxima semana, significa um novo estímulo para as relações entre a Bélgica e Angola.

28/01/2023 Última atualização 08H10
Opinião

Circulação de cérebros

Não tenho casa em Angola, mas tenho um terreno vasto nas margens da montanha Lumbanganda; o meu sonho foi sempre construir no Katchilengue onde nasci. Três anos atrás apresentaram-me a um pedreiro que me disseram ser um craque na construção.

27/01/2023 Última atualização 07H05
Opinião

O alerta da ONU para o risco de genocídio no Nordeste da RDC

No quadro dos últimos desenvolvimentos políticos na República Democrática do Congo, onde a procura de uma solução para a instabilidade militar causada pelo movimento M-23, no Leste do país, tem levado as autoridades regionais, e, em particular, Angola, a desenvolver uma série de iniciativas diplomáticas, chamou a atenção o alerta, lançado segunda-feira pelas Nações Unidas, sobre a possibilidade de ocorrência de um novo genocídio na região Nordeste.

27/01/2023 Última atualização 06H05
Opinião

Relações saudáveis e interesses comuns

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergey Lavrov, esteve de visita a Angola, por um período de três dias, proveniente da África do Sul, e manteve encontros de trabalho com o homólogo angolano Téte António e, de seguida, foi recebido pelo Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço.

27/01/2023 Última atualização 06H05
Opinião

O que África pode esperar de Lula?

É importante anotar que o Brasil esteve distanciado do continente africano no consulado do antigo Presidente Jair Bolsonaro, que não inseriu o respectivo continente na pauta da Política Externa do seu país. Entretanto, não é menos verdade anotar que, durante os 12 anos de governação do PT, o país esteve mais presente em África, por meio da cooperação, investimento e transferência de tecnologia.

26/01/2023 Última atualização 06H30
Opinião

Este século imita o apocalipso

No século passado assistiu-se, após a chamada revolução industrial e o diferenciado aproveitamento da acumulação de capital que resultou do negócio escravo e o esclavagismo sistémico com suas estruturas.

26/01/2023 Última atualização 06H30
Opinião

Fármacos e controlos

Fragilidades no controlo de remédios, designadamente analgésicos e os utilizados para o paludismo, permitem, entre nós, que criminosos enriqueçam à custa de vidas humanas a maior riqueza de um povo, não esqueçamos.