Mundo

OMS apela a união mundial combater futuras pandemias

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apelou hoje à união da comunidade internacional para tentar reforçar a sua capacidade de combater a próxima pandemia, e assim evitar o caos que a Covid-19 criou.

29/11/2021  Última atualização 22H39
© Fotografia por: DR

"Tudo isto se reproduzirá a menos que vocês, as nações do mundo, se unam para dizer a uma só voz: nunca mais", disse o director-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, na abertura de uma reunião extraordinária da Assembleia Mundial da Saúde - o órgão supremo de tomada de decisões da OMS, que junta os seus 194 membros.

Num artigo publicado no domingo no "Project Syndicate” (publicação online de artigos de opinião), o responsável já tinha apelado aos países para tomarem medidas para lidar com futuras epidemias, "cooperando e colaborando" e evitando o "caos e confusão que exacerbaram" a actual pandemia.

A reunião de três dias em Genebra é a segunda sessão especial da Assembleia Mundial da Saúde. A primeira foi em 2006, após a morte do então chefe da OMS, Lee Jong-wook da Coreia do Sul.

No final da reunião, os membros da OMS, que concordaram no domingo em lançar negociações para criar um instrumento internacional para melhor prevenir e combater as pandemias, terão de validar formalmente este mandato de negociação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo