Política

OMA “caça” votos na província do Huambo

A secretária executiva da OMA na província do Huambo, Dolina Nassocópia Miguel Tchinhama, pediu este sábado maior engajamento das militantes na tarefa de mobilização, na perspectiva do voto certo ao MPLA e ao presidente João Lourenço.

03/07/2022  Última atualização 09H15
Dolina Nassocópia Miguel Tchinhama, secretária executiva da Organização da Mulher Angolana, na província do Huambo © Fotografia por: DR

Segundo a responsável, que falava durante uma tarde recreativa da pré-campanha eleitoral, citada pela Angop, é importante que as militantes estejam mais engajadas na mobilização das famílias, vizinhos, colegas e amigos, no todo, para a garantia de uma "vitória expressiva” do MPLA nas eleições gerais de 24 de Agosto próximo.

Sublinhou que votar no MPLA e no presidente João Lourenço significa consolidar a paz e promover o desenvolvimento socioeconómico: "Vamos mobilizar todas as mulheres da província do Huambo, independentemente da crença religiosa e filiação partidária, de modo a votar no MPLA, por se tratar de um partido político comprometido com o perdão, a estabilidade do país e com o bem-estar das famílias”.

 Dolina Miguel Tchinhama referiu que o trabalho desenvolvido pelo MPLA, no domínio da paridade de género em todas as áreas e esferas da vida política, social e económica do país merecem ser impulsionadas pelo voto de todos os cidadãos, principalmente as mulheres.

 Todavia, apelou às mulheres no sentido de continuarem a apostar na formação académica e técnico-profissional, para melhor se enquadrarem na sociedade e responder, de forma eficiente, aos desafios do presente e do futuro.

 Os angolanos irão às urnas em Agosto, pela  quinta vez, para elegerem o Presidente da República, o Vice-Presidente e os deputados à Assembleia Nacional. As quatro primeiras aconteceram em 1992, 2008, 2012 e 2017.

Para o próximo pleito, apresentaram candidaturas sete partidos e uma coligação de partidos políticos, nomeadamente, o MPLA, UNITA, PRS, CASA-CE, FNLA, PHA, APN e P-NJANGO.

São esperados mais de 14,399 milhões de eleitores, dos quais 22.560 no estrangeiro. Nas últimas eleições gerais, decorridas a 23 de Agosto de 2017, o MPLA obteve pelo círculo eleitoral da província do Huambo um total de 347.800 votos, correspondentes a 58,21 por cento, elegendo três deputados dos cinco possíveis.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política