Economia

Oito títulos mineiros emitidos em 4 anos

Lourenço Bule | Menongue

Jornalista

O chefe do departamento da Agência Nacional dos Recursos Minerais (ANRM) Elvice Soares anunciou à imprensa, em Menongue, que o MIREMPET emitiu, para o Cuando Cubango, de 2017 a 2020, apenas oito títulos mineiros, dos quais seis estão vigentes e dois já caducados.

17/10/2021  Última atualização 06H00
© Fotografia por: DR
Elvice Soares disse que os títulos mineiros emitidos durante o período em referência cobrem em 75 por cento, a actividade de prospecção e em 25 por cento a exploração de recursos minerais.

Segundo o responsável, dos oito títulos mineiros emitidos, cinco foram destinados para metais brutos, um para exploração de cobre e igual número para pesquisa de ferro e diamantes.

Estas declarações foram proferidas durante uma deslocação de responsáveis e técnicos do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás (MIREMPET) ao Cuando Cubango, na quinta-feira, destinada, entre outros aspectos, a apresentar os resultados preliminares do Plano Nacional de Geologia (Planageo), os quais determinam a prevalência de petróleo, diamantes, urânio e outros minérios na província, Integrado na delegação liderada pelo secretário de Estado para os Recursos Minerais, Jânio Correia Victor, o director do Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo (IRDP), Abílio Ferreira, disse que o Cuando Cubango tem apenas nove postos de abastecimento de combustível, todos em Menongue, uma situação que reconheceu  criar constrangimentos aos populares dos restantes oito municípios da província.

Abílio Ferreira anunciou esforços para colmatar esta situação, ainda este ano, com a implantação de postos de abastecimento de combustível contentorizados nos municípios do Cuito Cuanavale e Cuchi, e que, para 2022, estão previstas operações do género nas regiões que tenham acesso para abastecimentos regulares.

"Intercedemos junto da Sonangol para que possa implantar postos de abastecimento de combustível nos municípios da província que tenham acesso para o seu fornecimento regular”, disse.

Disse que o Cuando Cubango possui apenas uma instalação de armazenamento de combustíveis líquidos com capacidade para 3 500 metros cúbicos e 200 toneladas de gás de cozinha, quantidade consideradas suficientes para atender à procura.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia