Economia

Obras da refinaria de ouro começam no final deste mês

O lançamento da primeira pedra para a construção de uma refinaria de ouro acontece na última semana deste mês de Junho, no Pólo Industrial de Viana, em Luanda, de acordo com informações do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás.

19/06/2022  Última atualização 08H53
© Fotografia por: DR

A  refinaria resulta da aposta do Executivo em promover a cadeia de valor dos minerais do país, capitalizando as operações desde a pesquisa e prospecção, à exploração, transformação e comercialização.

A construção da refinaria, com duração prevista de 12 meses, conta com um investimento da Geoangol, uma unidade da Endiama que terá mais de 83 por cento das acções.

O empreendimento já arrancou com o recrutamento e selecção de 24 dos 30 futuros trabalhadores directos, os quais devem ser enviados para estágios no no exterior do país. Na fase de construção, a unidade vai empregar mais cerca de 80.

Em Angola, são conhecidos 28 projectos de ouro, 20 dos quais estão na fase de prospecção, oito com títulos de exploração passados e dois já em fase de produção e comercialização.

Estatísticas citadas pela Angop indicam que, em 2020, o resultado da produção do  subsector de ouro foi de 1 887 onças, das 5 441 perspectivadas, do que resultou uma execução de 34,70 por cento.

Em 2021, foram extraídas 1 137 onças, das 7 500 projectadas, representando uma execução de 13,82 por cento, segundo dados do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás.

 

60 milhões de dólares

O subsector do ouro conta com um investimento cifrado em 62,9 milhões de dólares, com 48,6 milhões empregues na exploração e 14,3 milhões na prospecção.

Os investimentos estão aplicados em 32 projectos auríferos, estando 10 em fase de exploração, espalhados em diversas províncias do país.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia