Cultura

Obras angolanas expostas em Lisboa

Mário Cohen

Jornalista

Uma colecção de obras de escritores nacionais produzida pela Editora das Letras está exposta desde o dia 26 de Agosto, na 91ª edição da Feira do Livro de Lisboa-2021, em Portugal, que decorre até 12 do mês em curso, no Parque Eduardo VII.

01/09/2021  Última atualização 07H45
Espaço da editora angolana tem recebido muitos visitantes © Fotografia por: DR
Bruna Botelho, directora editorial e comercial da Editora das Letras, revelou ontem, ao Jornal de Angola, que a editora está presente no evento literário fruto da parceria com a Estúdio Didactico/Edinok, com o objectivo de divulgar e promover as suas obras, seus autores e levar ao público leitor português o conhecimento dos livros publicados pela Editora das Letras.
Entre as obras expostas constam "O Aniversário de Vovô Imbo”, de Cremilda de Lima, "O Regresso de Kambongue”, de Kanguimbu Ananaz, "A Lenda do Ovo e da Galinha”, de John Bella, "O Camaleão e a Cobra”, de António Pomílio, "A Borboleta Violinista”, de David Capelenguela, "A União Faz a Força”, de Alice Berenguel, e "A Gatinha Lola”, de Rosaria da Silva. Bruna Botelho disse que Cremilda de Lima, uma das escritoras associadas à Editora das Letras, é a única que fez parte da colecção da editora que marca presença neste edição da Feira do Livro de Lisboa.
A Editora das Letras, disse, integra um leque de 131 expositores, dos quais 24 novas presenças, distribuídos por 325 pavilhões, que levaram à feira seis  centenas de marcas editoriais. Segundo a organização, trata-se da segunda maior edição da história da feira, sendo superada apenas pela edição de 2019. 
Segundo Bruna Botelho, à semelhança da edição passada, tendo em consideração da evolução da Covid-19, a organização assegurou todas as medidas de higiene e segurança, de acordo com as recomendações em vigor em Portugal, garantindo que a feira se realiza com todas as condições de segurança e saúde expositores e visitantes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura