Gente

O reencontro de lendas vivas da música angolana

O Grémio do Chico Coio situado no bairro Marçal, ficou conhecido pelas tertúlias do “Núcleo a Voz do Artista”, um espaço de solidariedade e debate de ideias sobre o estado da música angolana e pretexto de reencontro de cantores, compositores e instrumentistas de importância simbólica na história da música popular angolana.

16/04/2022  Última atualização 08H35
Grémio do Chico Coio © Fotografia por: DR
Quem por lá passa sente de forma nostálgica a ausência de Chico Coio, mentor do projecto falecido há seis anos. Embora já não seja com a mesma dinâmica, ainda é frequente a passagem pelo Grêmio, de figuras ligadas a nossa música. Foi nesta senda, que o Jornal de Angola, testemunhou  recentemente um encontro de auscultação sobre Direito de Autor e Conexos, numa relação de diálogo e intermediação com a União Nacional dos Artistas e Compositores a (UNAC-SA), onde captamos a presença de lendas vivas da música angolana como Gegé Faria, Xabanú, Vavá do Cuanza-Sul e Dulce Trindade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente