Gente

O outro lado da Gente: Sandra Sabrowsky

A nossa convidada da semana é a Sandra Sabrowsky, uma figura que nasceu em Angola, mas que na República da Alemanha,tem estado a dar que falar. Sandra Sabrowsky aposta no empreendedorismo sócio-cultural, consultoria de negócios e gestão de projectos em Angola e Alemanha, que é o Nkiela.

23/11/2022  Última atualização 05H40
© Fotografia por: DR

Um dos projectos está ligado ao desenvolvimento da Cultura, Turismo e Ambiente, na província do Cuando Cubango, na comuna do Mucusso. Também é a embaixadora do Turismo de Angola na Europa pela associação do Reino de eSwatini AFrican Tourism Board (ATB). Sandra Sabrowsky está aberta a parcerias e pretende contribuir na divulgação da cultura e de outros sectores do país, mas sempre levando a bandeira da diplomacia cultural, tendo como arma principal a arte.

Nome: Sandra Sabrowsky.

Data de nascimento: 20/01/1977.

Naturalidade: Luanda.

Filiação: Cármen Dias dos Santos e José de Castro Fernandes.

Calçado: 38.

Ocupação: Empresária e filantropo.

Estado civil: Divorciada.

Filhos: Zola Alexander e Tau William Sabrowsky.

Sonhos: Ter uma eco-vila na zona do Okavango.

Sente-se realizada? Nunca. Entretanto sinto-me confortável.

Tem carro próprio? Sim.

E casa? Sim.

Como se veste de segunda a sexta-feira? Com roupas executivas e tendecialmente africanas.

E aos fins-de-semana?Com vestes casuais. Faço misturas de roupas afro - europeias.

Faz uso de roupa de marca? Raramente.

Cor preferida: Preto.

Qual é a marca do perfume que usa? Love by Kilian.

Acredita em forças ocultas? Sim.

Alguma vez foi aliciada? Sim.

Como reagiu? Seguindo os princípios bíblicos.

Onde passa as férias? Depende do orçamento.

Cidade preferida? Hamburgo.

Virtude? Resiliência.

Defeito? Teimosia.

Vício: Trabalho.

Livro: Xoliswa Ngema "Heart of a Strong Woman”.

Escritores: Pepetela.

Uma boa companhia: Estar com os meus filhos.

Músico: Filho do Zua.

Comida: Mufete.

Bebida: Whisky.

Sabe cozinhar: Sim.

É ciumenta? Sim.

Desporto: Caminhada.

Clube: Golfe.

Alguma vez mentiu? Sim.

Já foi enganada? Sim.

Ano que mais a marcou?2001.

Porquê? Nasceu o meu primogénito.

Deputada ou ministra, qual dos dois cargos escolheria? Deputada.

Porquê? Tenho a prerrogativa de debater e argumentar com mais firmeza.

O que acha da corrupção? Um mal mundial.

Homossexualidade: Cada um exerce a sua identidade de acordo aos seus princípios.

Poligamia: Abolida e desnecessária nos dias de hoje.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente