Gente

O outro lado da Gente| Rossano Dinni

DJ Rossano Dinni é um nome de referência quando se refere a animação em casas nocturnas do país. Com apenas 11 anos, em1998, Eurico Rossano, passou a ter a responsabilidade de animar festas de quintal,sobretudo familiares.

14/08/2021  Última atualização 04H00
© Fotografia por: DR
 Na época, o processo era feito com cassetes. Destacou-se,na época, entre os inexperientes Disc Jockey (DJ), tendo sido confiada a missãode animar os mais propalados salões de festa e casas nocturnas de referência em Luanda e não só. Eurico Rossano tem as suas impressões digitais em casas nocturnasde referência como Cunene 2000, Cine Tivoli, e o Parque Herói de Chaves.Técnico de informática, Rossano Dinni encara a actividade de DJ comdeterminação, além de ser para ele a melhor forma de contribuir para a cultura angolana.


Nome: Eurico Rossano Santana Dinis.

Data de nascimento: 29.11.87.

Naturalidade: Luanda.

Filiação: Rui da Conceição Dinis e Maria Manuela Santana Dinis.

Calçado: 41.

Ocupação: Técnico de Informática e Disco Jockey (DJ).

Estado civil: Solteiro.

Filhos: 7.

Sonhos: Ser piloto.

Sente-se realizado? Ainda não, porque tenho em carteira alguns projectos por desenvolver.

Tem carro próprio? Não.

E casa: Sim.

Que importância têm as mulheres para si? Uma vez que somos provenientes do sexo feminino (nos dão a vida) eu tenho um respeito grande e admiração pela mulher. Ser mulher é uma dádiva de Deus (Jeová). Todas elas merecem respeito. A todas  mulheres um forte abraço e que vocês continuem a dar o vosso contributo a sociedade.

Como se veste de segunda à sexta-feira? De acordo com a ocasião. Mas uso calça, sapato e camisa.

E aos fins-de-semana? Mas descontraído. Fico de calção, camisola, ténis ou chinelas.

Usa roupa de marca? Sim.

Cor preferida: Vermelha.

Qual é a marca de perfume que usa? Versace.

Acredita em forças ocultas? Sim.

Alguma vez foi aliciado? Já, muitas vezes.

Onde passa as férias? Geralmente fora de Luanda, no interior do país.
Cidade preferida? Benguela.

Virtude: Humildade e bondade.

Defeito: Teimosia.

Vício: Música.

Livro: "As 48 Leis Do Poder”.

Escritores: Augusto Cury.

Ídolo? Jeová (Deus).

Uma boa companhia: Estar com a família.

Músico: Harry Diboula.

Comida: Caldeirada de Cabrito.

Bebida: Cerveja.

É ciumento: Muito.

Desporto: Basquetebol.

Clube: Benfica de Portugal.

Alguma vez mentiu: Já sim.

Já foi enganado? Também.

Como reagiu quando foi enganado? Não foi um espanto, por isso consegui superar.

Ano que mais o marcou: 2020.

Porquê? Perdi muita gente querida e ligada à mim.

Deputada ou ministro, qual dos dois cargos escolheria?  Ministro, por ser um cargo para um sector específico.

O que acha da corrupção? Acho uma atitude muito negativa do ser humano, em especial do angolano, por sentir que o nosso país está referenciado neste quesito como líder, o que é muito mau. Mas prefiro acreditar que estamos firmes e fortes no combate à corrupção.

Homossexualidade? Não comento, por achar que é um assunto que deve respeito a cada um de nós.

Poligamia? Embora seja um assunto polémico mais está intrínsecamente ligado a cultura africana. Quem defende tem o meu respeito, e o contrário também, embora ambos temos que continuar a debater sobre o mesmo. Mas a poligamia é pecado aos olhos de Deus e crime em determinados Estados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente