Gente

O outro lado da Gente: Neidh Brancel

A nossa convidada da semana é a jovem cantora, empreendedora e influenciadora digital, Jandira Neide Brancel Famorosa. Conhecida com o pseudónimo Neidh Brancel, é uma voz que fez a sua apresentação pública no passado dia 9, com o trabalho discográfico “Súplica”, lançado na Praça da Independência, em Luanda. O disco foi produzido pela Ap Record, e tem agendada sessões de venda e assinatura de autógrafos para as províncias do Uíge, Malanje, Benguela e Huíla.

30/11/2022  Última atualização 06H05
© Fotografia por: DR

Durante a conversa com reportagem da Gente, Neidh Brancel disse que como referências musicais em Angola, nomes como Totó ST e Yola Semedo.

Nome: Jandira Neide Brancel Famorosa.

Data de nascimento: 9 de Fevereiro de 1992.

Idade: 30 anos.

Naturalidade: Malanje.

Calçado: 37.

Ocupação: Escritora e revisora.

Estado civil: Casada.

Filhos: Um.

Sonhos: Tenho muitos sonhos por realizar. Um deles é tornar-me uma das maiores influenciadoras do país, que impacta vidas e levar esperança às pessoas.

Sente-se realizada? Em alguns aspectos da minha vida profissional. Isto é, fora a música. Da vida conjugal e familiar, digo que sim. 

Tem carro próprio? Não.

E casa? Tenho graças a Deus.

Como se veste de segunda a sexta-feira? Roupas formais. Não pode faltar um sapato de salto alto e um casaco a combinar.

E aos fins-de-semana? Se estiver em casa, amo ficar de pijama e chinelas para relaxar.

Faz uso de roupa de marca? Não sou muito apegada às marcas.

Cor preferida? Rosa.

Qual é a marca do perfume que usa? Carolina Herrera.

Acredita em forças ocultas: Sei que existem, mas é uma coisa que não paira na minha mente.

Alguma vez foi aliciada? Já.

Onde passa as férias? Depende do momento. Gosto de ter contacto com a natureza, estar em resorts e  praias. Adoro conhecer lugares novos.

Cidade preferida: Depois de Braga, adoro estar na cidade de Estocolmo.

Virtude: Extrovertida, calorosa, amável, simpática e comunicativa.

Defeito: Acho que sofro de ansiedade, por não consigo ficar parada. Estou sempre aflita em busca do próximo evento, assim como de novas coisas para fazer.

Vício: Quem me conhece, sabe que sou viciada em trabalho. Estou constantemente a procura de trabalho para fazer.

Livro: O Desafio de Amar.

Escritores: As minhas preferências recaem para o escritor norte-americano Alex Kendrick.

Uma boa companhia: A minha família.

Músicos: Tenho vários predilectos. Entre os meus preferidos constam o Totó e a Yola Semedo. A lista não termina por aí. É longa.

Comida: Tudo que acompanha com batata frita.

Bebida: Sumo de melancia.

Sabe cozinhar: Sou uma mulher malanjinha. Como sabes somos prendadas na área da cozinha.

É ciumenta: Não.

Desporto: Futebol.

Clube: Barcelona FC.

Alguma vez mentiu: Quem nunca mentiu que atire a primeira pedra.

Já foi enganada? Muitas vezes infelizmente.

E como reagiu? Perdoei e segui em frente sem voltar a olhar para trás.

Qual é o ano que mais o marcou: Foi o ano de 2018. Senti na alma a bênção de ser mãe pela primeira vez.

Deputado ou ministro, qual dos dois cargos escolheria?

Não tenho muito interesse pela política. Sou uma mulher dedicada ao empreendedorismo.

O que acha da corrupção?

Um mal, que retira a humanidade do homem e causa sofrimento ao próximo.

Homossexualidade:

Uma orientação que não faz parte dos planos de Deus.

Poligamia: Um acto errado e fora da ideia original que Deus instituiu: o casamento é apenas realizado entre dois seres que é um homem e uma mulher. Não concordo com esta prática.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente