Gente

O outro lado da Gente: Márcio Batalha

Márcio Batalha é um nome que dispensa apresentação para os amantes da poesia.

02/04/2022  Última atualização 11H54
© Fotografia por: DR

Neste mês de Abril, dedicado à juventude angolana, o nosso convidado é o poeta e escritor Márcio Batalha.

Entrou para o mundo da poesia por influência da sua mãe, que desde a infância o obrigava a ler e a fazer muitas redacções para melhorar a sua caligrafia, originando desta forma o interesse pela literatura, em especial a poesia.

No ano 2000, é convidado a fazer parte da Brigada Jovem de Literatura de Angola, da qual é, actualmente, membro.

Nos seus 22 anos dedicados à literatura, destaca os últimos oito anos como cruciais por se assumir profissionalmente.

Márcio Batalha nasceu em 1983 e considera a poesia uma arte divina.

Nome: Márcio Batalha.

Data de nascimento: 4 de Janeiro de 1983.

Naturalidade: Luanda.

Filiação: Lúcio Flávio de Fátima Batalha.

Calçado: 42.

Ocupação: Gestor de Marketing,  escritor e poeta.

Estado civil: Solteiro.

Filhos: Tayane Batalha.

Sonhos: Vencer o Prémio Nobel de Literatura e ver a literatura e os poetas mais valorizados no mosaico cultural de Angola.

Sente-se realizado? Ainda não. Já tenho a minha estrutura organizada para o alcance da realização.

Tem carro próprio? Tenho.

E casa? Tenho.

Como se veste de segunda a sexta-feira? Gosto de roupas clássicas, isto é, fato e gravata.

E aos fins-de-semana?

Forma desportiva. Calças jeans, camisolas, calções e ténis.

Faz uso de roupa de marca?

Toda a roupa tem uma marca.

Cor preferida? Vermelha e preta.

Qual é a marca do perfume que usa? Calvin Klein e Koros.

Acredita em forças ocultas? Não. Mas, respeito as tradições.

Alguma vez foi aliciado?

Já. Várias vezes.

Como reagiu? Calmo e consegui não ceder às tentações.

Onde passa as férias? Passeando por algumas províncias do meu belo país, Angola.

Cidade preferida: Luanda.

Virtude: Persistência, compaixão e bondade.

Defeito: Teimosia.

Vício: Amar.

Livro: A vida inspira-nos.

Escritores? Lopito Feijó, José Luís Mendonça, Kanguimbo Ananás, Boaventura Cardoso, Agualusa, Rossana da Piedade, Carlos Pedro, Delmar Gonçalves e Amélia da Lomba.

Uma boa companhia? Estar com a minha filha Tayane e os meus irmãos, os Brito, os Vaz, os Sequeira de Moura, os Batalha e os Gonçalves.

Músicos: Robert Kelly, Mário Vaz, Yola Semedo, Ary, Calabeto, Cef, Rui Orlando, Filipe Mukenga, Euclides da Lomba e Nikila de Sousa.

Comida: Caldeirada de cabrito ou funge de calulu com feijão de óleo de palma.

Bebida: Água e Coca-Cola.

Sabe cozinhar: Sei e muito bem.

É ciumento: Não.

Desporto: Futebol.

Clube: Petro Atlético de Luanda, Barcelona FC, Juventus, Arsenal, PSG, e Bayern de Munich.

Alguma vez mentiu: Já infelizmente.

Já foi enganado: Já infelizmente.

Ano que mais o marcou: 2011. Foi o ano em que nasceu a minha filha.

Deputado ou ministro, qual dos dois cargos escolheria? Deputado.

O que acha da corrupção? É uma doença que afecta toda a sociedade desorganizada.

Homossexualidade: Não aceito. Respeito os gostos de cada pessoa.

Poligamia: Não sou a favor, mas não condeno.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente