Gente

O Outro lado da Gente | Loide da Silva

Loide Matias da Silva é a nossa convidada desta semana, no mês dedicado à mulher. Licenciada em Engenharia de Energias Renováveis e Sistemas Sustentáveis e com um mestrado em Leis e Políticas Internacionais de Energia, ambos concluídos no Reino Unido, Loide é uma das poucas africanas a trabalhar para a Agência de Cooperação dos Reguladores de Energia (ACER), instituição que garante o funcionamento do mercado único europeu do gás e da electricidade. Mulher emancipada, Loide da Silva é apaixonada pelo sector de energia, com um interesse específico em políticas e actividades que impulsionam o acesso, segurança e acessibilidade a energia.

19/03/2022  Última atualização 06H25
© Fotografia por: DR

Nome: Loide Matias da Silva.

Data de nascimento: 24/05/1995.

Naturalidade: Luanda.

Filiação: Waldemar da Silva e Claúdia Sebastião Francisco

Calçado: 36.5.

Ocupação: Analista e conselheira de assuntos governamentais relacionados com energia.

Estado civil: Solteira.

Filhos: Não. 

Sonhos: Deixar esse mundo melhor do que o encontrei

Sente-se realizada? Ainda não.

Tem carro próprio? Não.

E casa? Não. 

Como se veste de segunda à sexta-feira? De maneira profissional. 

E aos fins-de-semana? Roupas casuais.

Faz uso de roupa de marca? Sim, de algumas.

Cor preferida: Não tenho. 

Qual é a marca do perfume que usa? Roberto Cavalli, Channel, Yves Saint Lauren e Jimmy Choo. 

Acredita em forças ocultas? Acredito apenas em Deus.

Alguma vez foi aliciada? Sim.

Como reagiu? Apercebi-me que o convite me deu mais informações sobre o carácter da pessoa que o fez, do que sobre o acto em si.

Onde passa as férias? Em Lisboa e Luanda.

Cidade preferida: Não tenho. 


Virtude: Paciência. 

Defeito: Teimosa.

Vício: Nenhum.

Livro: A Bíblia Sagrada. 

Escritores? Chimamanda Ngozi Adichie e Sylvia Tamale.

Uma boa companhia? Estar com a minha mãe.

Músicos: Paulo Flores e Adekunle Gold.

Comida: Funge de carne seca.

Bebida: Sumo Compal de manga.

Sabe cozinhar: Sei. Sou uma mulher preparada.

É ciumenta? Não. 

Desporto: Basquetebol. 

Clube: Ainda não tenho. 

Alguma vez mentiu: Já. Quem nunca mentiu.

Já foi enganada: Já. 

Ano que mais a marcou: 2021.

Porquê? Sinto que já vivi o melhor do ano.

Deputada ou ministra, qual dos dois cargos escolheria? Nunca gostei de cargos políticos. 

Porquê? Porque acredito na necessidade de uma análise de ambas as posições, e da fase da vida em que eu estiver nesse momento, para tomar tal decisão. 

O que acha da corrupção? A corrupção é um cancro, um cancro que corrói a fé do cidadão na democracia, diminui o instinto de inovação e criatividade.

Homossexualidade: Não cabe a mim opinar ou julgar a opção sexual alheia. Não condeno.

Poligamia: Algumas sociedades aprovam e outras não.

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente