Regiões

Novas turmas acolhem mais de 950 crianças

José Chaves|Gamba

Jornalista

Mais de 950 crianças em idade escolar ingressam, pela primeira vez, no processo de ensino e aprendizagem, no município da Nharêa, na província do Bié, devido ao aumento de salas de aula, particularmente em zonas rurais, disse, ao Jornal de Angola, o director municipal da Educação.

07/09/2022  Última atualização 08H05
Município beneficiou de novas escolas do ensino primário © Fotografia por: DR

Segundo Camilo Ngueve, para o presente ano lectivo, foram matriculados na Nharêa 30.434 alunos, da iniciação à 13ª classe. 

O director acrescentou que o município ganhou mais duas escolas, uma de 12 salas de aula e outra de sete, na povoação de Lumbingilulo, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e de Combate à Pobreza ( PIDLCP). 

Novos professores

O sector da Educação da Nharêa conta, desde sexta-feira, com mais 176 professores, admitidos no concurso público de 2021.

Segundo o director municipal da Educação, o ingresso de mais professores vai ajudar a minimizar o défice que se regista em diferentes níveis de ensino, particularmente nas comunas e povoações, bem como o número de crianças fora do sistema de ensino.

"Nos últimos anos, temo-nos confrontado com o défice de professores em várias escolas, com realce em comunas e povoações. Este facto tem contribuído para o aumento do número de crianças fora do sistema de ensino”, realçou.

O  administrador adjunto da Nharêa, Francisco Xavier, disse que grande parte dos novos professores vai leccionar nas comunas de Caieie, Dando, Gamba e Lubia. "Acreditamos que, durante a formação, mostraram que têm competência para exercerem a actividade docente”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões