Regiões

Nova escola primária no Huambo alberga cerca de 1.700 alunos

Justino Victorino / Huambo

Jornalista

Cerca de 1.700 alunos do I ciclo do ensino primário, na província do Huambo, vão estudar em melhores condições, com a inauguração de uma escola de 24 salas de aula, financiada pelo Governo Provincial, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

07/11/2022  Última atualização 13H19
Alunos com mais condições para aprender a ler e escrever © Fotografia por: DR
O director provincial da Educação, Mário Rodrigues, avançou este dado, durante uma visita que a governadora Lotty Nolika fez para constatar o grau de execução das obras das infra-estruturas escolares.

Mário Rodrigues informou que a escola custou aos cofres do Estado 125 milhões de kwanzas, esclarecendo que as obras tiveram início em Março deste ano.

A escola, designada Complexo Escolar Nossa Senhora de Fátima, vai funcionar em dois turnos (manhã e tarde) e está apetrechada com os meios necessários para garantir um ensino de qualidade aos alunos inscritos no subsistema de ensino.

O responsável avançou ter consciência das dificuldades que o sector se debate, com destaque para a escassez de salas de aula, professores, material didáctico, meios e equipamentos de trabalho.

"O Governo do Huambo vai continuar a apostar na construção de mais escolas, bem como na formação de professores, no sentido de garantir um ensino de qualidade,” disse.

O director provincial da Educação fez saber que a iniciativa visa permitir o ingresso de crianças que ainda se encontram fora do sistema normal de ensino e garantir melhores condições de aprendizagem.

Reafirmou que um dos principais desafios do Governo é criar condições para que alcance uma educação e formação de qualidade, com quadros à altura de galvanizarem o processo de desenvolvimento do país, em particular, da região do Planalto Central.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões