Regiões

Notificados no Huambo 19 casos de má nutrição

Justino Victorino / Huambo

Jornalista

A pediatria do Hospital Geral do Huambo registou, nas últimas semanas, dezanove casos de má nutrição severa, em crianças menores de cinco anos.

03/08/2021  Última atualização 05H00
© Fotografia por: DR
Os dados foram tornados públicos pela directora nacional dos hospitais, Jovita André, classificando a situação de preocupante.
Jovita André, que avaliou as condições da referida unidade sanitária, no âmbito de uma visita de trabalho à província do Huambo para se inteirar da situação epidemiológica, garantiu que o Ministério da Saúde, em colaboração com os parceiros sociais, está a trabalhar no sentido de reduzir os casos de má nutrição.

A maior parte dos casos de má nutrição, explicou, está directamente relacionada ao desmame precoce, falta de alimentação saudável e doenças prolongadas, com realce para a malária, anemia e diarreica aguda.  
As mães adolescentes, acrescentou, voltam a engravidar antes de a criança atingir certa idade, provocando, desta maneira, o desmame precoce. "É preciso que se dê mais tempo, pelo menos dois anos de amamentação, para evitar casos de má nutrição”, recomendou.

O Hospital Geral do Huambo, assegurou, dispõe de medicamentos para o tratamento da doença, assim como outras enfermidades. Jovita André salientou que o primeiro passo para o tratamento começa pelas mulheres, que devem ter mais cuidado com as crianças, dando alimentos ricos em proteínas e vitaminas.
No primeiro semestre do ano passado, 1.375 crianças foram recuperadas da má nutrição e devolvidas ao convívio familiar, segundo dados fornecidos pelo programa provincial de nutrição da direcção da Saúde no Huambo.

O sector da Saúde conta, nos onze municípios da província do Huambo, com centros de tratamento da má nutrição, além de outros ambulatórios, montados para descongestionar as 13 unidades de terapia especial e atender casos ligeiros.  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões