Sociedade

Notificados no Bengo 451 crimes diversos

Edvaldo Lemos | Bengo

Jornalista

Pelo menos 451 crimes de natureza diversa foram registados, na província do Bengo, durante o primeiro trimestre deste ano, anunciou, ontem, em Caxito, o secretário de Estado do Interior para os Serviços Penitenciários

18/06/2022  Última atualização 09H10
Secretário de Estado visitou a província do Bengo © Fotografia por: DR

José Bamókina Zau, que falava na abertura do I Workshop Nacional sobre Segurança na Comunidade, avançou que houve um aumento de mais 79 casos em relação a igual período do ano interior.

O responsável destacou um total de 45 crimes praticados com recurso à arma de fogo, três por membros da Polícia Nacional, quatro por efectivos das Forças Armadas, 13 por elementos de protecção física e 21 por cidadãos do sexo feminino.

O secretário de Estado referiu que pelo menos 340 crimes ficaram esclarecidos, tendo alcançado uma operatividade na ordem dos 80 por cento, com destaque para os crimes contra o património, com um registo de 259, e 134 crimes cometidos contra pessoas.

"Não obstante as ocorrências, a situação nesta província é considerada calma e sob controlo das forças do MININT, a julgar pela densidade populacional do município do Dande, que somou apenas 331 crimes, e a detenção de 385 presumíveis autores”, referiu.

No Workshop Nacional sobre Segurança na Comunidade, os participantes abordaram sobre "Hábitos e Costumes Locais que Influenciam Negativamente a Paz Social, Segurança e Tranquilidade nas Comunidades”, "O Papel da PGR na Garantia da Segurança das Comunidades, Durante o Período Eleitoral”, e sobre "A Contribuição do Cidadão para a Segurança Pública na Comunidade”.

O delegado do MININT e comandante provincial da Polícia Nacional no Bengo, comissário Delfim Calulu Inácio, lembrou que a Segurança Pública não é tarefa única e exclusiva do Estado, mas sim de todos os componentes da sociedade, independentemente do status social de cada um.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade