Cultura

Neto e Amílcar Cabral são homenageados

Analtino Santos

Jornalista

A Banda Duia actua hoje, às 17h00, no Memorial António Agostinho Neto, num concerto no qual serão declamados poemas de dois heróis das independências em África, Agostinho Neto e Amílcar Cabral.

23/09/2021  Última atualização 08H10
Banda Duia é um dos destaques do espectáculo no Memorial © Fotografia por: Vigas da Purificação | Edições Novembro
O concerto, uma iniciativa da Associação Amizade Angola e Cabo Verde e a Banda Duia, visa prestar  homenagem aos dois nacionalistas africanos, com a declamação de poemas das suas ilustres figuras por nomes sonantes das letras dos dois países.

Destacar-se-á a presença e depoimento do compositor cabo-verdiano Pedro Rodrigues, cantado e interpretado pelos grandes nomes da música cabo-verdiana e não só. Pedro Rodrigues é dos poetas e compositores mais sublimes que Cabo Verde viu nascer. Em 5 de Julho de 2000, a Presidência da República de Cabo Verde condecorou Pedro Rodrigues com a 1ª Classe da Medalha do Vulcão.

Natural da ilha do Fogo, cedo emigrou para Angola, terra que adoptou como a sua segunda pátria, na qual fez todo o seu percurso de vida académica, desportiva, social e profissional. Interpretes como Bana, Cesária Évora, Ildo Lobo, Tito Paris, entre muitos, e em Angola a adaptação do poema "Meu Amor da Rua 11”, sucesso pela Banda Maravilha.

A Banda Duia fez a apresentação oficial no passado dia 3 deste mês.  Tendo como núcleo duro os filhos de Eduardo Garcia Adolfo "Duia” com: Pirica (violão solo-ritmo), Bebé (bateria), Mara (cavaquinho e voz), Jandaia (baixo e voz) e Chinda (voz principal e dikanza). Complementam a formação Nanutu (saxofone), Nelas do Som (guitarra solo e ritmo), Chico Santos (congas e voz) e Rufino Ciprino (teclados e chefe do conjunto).
A formação apresenta temas dos Gingas, conjunto de Mestre Duia e outros do cancioneiro nacional, assim como sucessos internacionais.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura