Cultura

Né Gonçalves satisfeito com actuação em Portugal

O músico e compositor Né Gonçalves subiu ao palco do Festival Alfama, no Centro Cultural Dr. Magalhães Lima, em Portugal, para apresentar temas das obras discográficas “Luanda Meu Semba” e “Sembamar”, assim como do single “Undenge Wetu”, álbum a ser editado em breve.

27/09/2022  Última atualização 08H25
Músico angolano partilhou o palco com a fadista Soraia Cardoso © Fotografia por: Dr

Na sua apresentação na noite da última sexta-feira, Né Gonçalves teve como convidada Soraia Cardoso, com quem tem parceria no tema musical "Voo do Fado”.

O semba e outros ritmos angolanos combinaram com outras tendências rítmicas, que marcam o ecletismo de Né Gonçalves que contou com o suporte instrumental de Mayó Bass (Angola), no baixo acústico, Múcio Sá (Bahia, Brasil), à guitarra portuguesa, Ivan Campillo (Cuba), na percussão, e Denys Stetsenko (Ucrânia), no violino, e na direcção artística e guitarra, o peruano, Jorge Cervantes. 

O autor de "Menino de Rua”  agradeceu a portuguesa Soraya Cardoso pela partilha em palco no concerto numa noite que se tornou memorável, gesto que se estendeu à organização do festival, pelo convite e qualidade organizativa, ao público presente e aos músicos.

Segundo a imprensa portuguesa, Né Gonçalves  e Soraia Cardoso conseguiram o objectivo de unir artes de diferentes quadrantes, no espaço da lusofonia, fazer da multiculturalidade a nota dominante, promover o diálogo entre estilos musicais das tradições e reforçar o olhar empático entre povos e, da simbiose entre instrumentos e vozes, tentar obter novas sonoridades que, seguramente, vão ajudar a projectar Angola no mundo musical.

O Festival de Alfama de 2022 decorreu no passado fim-de-semana, com dias de música deste evento anual, onde já participaram Waldemar Bastos e Anselmo Ralph. Este ano, nos vários palcos passaram artistas como António Zambujo, Jorge Fernando, Joana Amendoeira,  Rão Kyao, José Neto, Maria Ana Bobone e outros nomes da música portuguesa.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura