Mundo

Namíbia poderá ser presidida por uma mulher

A vice-Primeira-Ministra da Namíbia, Netumbo Nandi-Ndaitwah, está a um passo de se tornar a primeira mulher Presidente do país, depois do partido no poder, a ter elegido vice-presidente, colocando-a como principal candidata a liderar a sua lista nas próximas eleições gerais, em 2024.

04/12/2022  Última atualização 09H50
© Fotografia por: DR
Aos 70 anos, Netumbo Nandi-Ndaitwah superou a Primeira-Ministra, Saara Kuugongelwa-Amadhila e o ministro do Meio Ambiente Pohamba Shifeta na corrida pela segunda posição na Organização do Povo do Sudoeste Africano.

 O Presidente Hage Geingob, que deve deixar o cargo no final do mandato, recusou-se a endossar um sucessor, como os seus predecessores haviam feito. "Faremos história ao eleger a primeira mulher Presidente em 2024”, disse Geingob num discurso em Windhoek.

A Swapo lidera a Namíbia desde a Independência em 1990 e continua a ser o maior partido político do país, mas a sua popularidade diminuiu recentemente por causa do descontentamento com o desemprego e um escândalo de corrupção que levou à prisão os ex-ministros e empresários ligados ao partido, que perdeu a maioria de dois terços na Assembleia Nacional nas últimas eleições gerais de 2019.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo