Cultura

Nadir Tati apresenta colecção “Africa Yami”

Matadi Makola

A estilista Nadir Tati celebrou os 15 anos de carreira com a apresentação, em Luanda, da sua mais nova colecção intitulada “África Yami”, expressão na língua quimbundu que significa “África minha”.

22/05/2022  Última atualização 13H30
© Fotografia por: joão gomes | edições novembro

A gala contou com as presenças de várias individualidades, entre as quais dos ministros da Cultura, Turismo e Ambiente, Filipe Zau, e das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, além da secretária de Estado para a Família e Promoção da Mulher, Elsa Barber, e de presidentes dos conselhos de administração de empresas públicas de comunicação social.

O ministro Filipe Zau disse ser importante acarinhar uma figura de relevo da cultura nacional e da moda, considerando belíssimo o trabalho de Nadir Tati.

"É uma estilista consagrada e tem um histórico nacional e internacional que a todos orgulha. Ficou claro que tem um talento e qualidade que nos honra como angolanos. O seu trabalho é essencial para a cultura e pode ser aproveitado como fonte alternativa da nossa economia", salientou.

Nadir Tati disse ter tido a preocupação de trazer manequins de todas as agências do país para que todos se sentissem presentes na sua celebração. "Estou a comemorar 15 anos de muita luta e sacrifício. Sei que Angola gosta muito do meu trabalho e tento, ao máximo, passar tudo aquilo que aprendi internacionalmente", garantiu.

Para o estilista Rui Lopes, Nadir Tati é uma profissional que merece todo o apoio. Considerou que a colecção "Africa Yami” carrega muitas surpresas boas, algo que já é marca da estilista.

Ao todo, 50 manequins desfilaram com os diversos trajes da colecção "Africa Yami”, que visa, igualmente, celebrar o Dia do continente, que se assinala a 25 deste mês.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura