Gente

Nádia Campos

O espaço “Outro Lado da Gente” tem como convidada a modelo angolana Nádia Campos.

07/05/2022  Última atualização 06H25
Nádia Campos © Fotografia por: DR
O nome desta jovem esteve, recentemente em evidência, durante a maior montra da moda de Milão - Itália, o Milão Fashion Week 2022, onde estiveram as maiores referências mundialmente em termos de costura de roupas e desfiles. Aos 23 anos, Nádia Campos alimenta o sonho de ser uma referência mundial na moda. Saiba mais sobre a modelo Nádia Campos. .

Nome: Nádia da Conceição Campos Cardoso.

Data de nascimento: 24/07/1999.

Naturalidade: Angolana.

Filiação: Sónia Monteiro Campos e Mário Paixão.

Calçado: 40.

Ocupação: Estudante universitária e modelo internacional.

Estado civil: Solteira.

Filhos: Ainda não. Ter filhos é uma grande responsabilidade.

Sonhos: Ser uma grande modelo e ser uma boa profissional na minha área de formação.

Sente-se realizada? Sinto que estou no caminho certo.

Tem carro próprio? Não. Mas  gosto de acompanhar as tendências do mundo automóvel.

E casa? Não.

Como se veste de segunda à sexta-feira? Um pouco mais formal devido à universidade e o meu trabalho.

E aos fins-de-semana? Roupas casuais.

Faz uso de roupa de marca? O importante não é a marca, é sentir-se bem com a roupa e criar seu próprio estilo.

Cor preferida? Adoro a cor azul-oceano.

Qual é a marca do perfume que usa? Marc Jacobs (Decadence).

Acredita em forças ocultas? Não. Mas respeito quem acredite.

Alguma vez foi aliciada? Sim.

Como reagiu? Com muita indignação.

Onde passa as férias? Na realidade tenho tido poucas férias. Cabo-Ledo e Benguela.

Cidade preferida: Milão.

Virtude: Carácter.

Defeito: Teimosia.

Vício: Dormir.

Livro: A mulher Virtuosa.

Escritores? Cristiane Cardoso e Penelas Santana.

Uma boa companhia? Ouvir música.

Músico: Justin Bieber.

Comida: Fúmbua com macaiabo.

Bebida: Sumo natural de ananás e refrigerante de laranja.

Sabe cozinhar? Sim, mas não é o meu forte.

É ciumenta? Muito.

Desporto: Futebol.

Clube: 1º de Agosto.

Alguma vez mentiu? Sim. Quem nunca? Nada que pudesse prejudicar outras pessoas.

Já foi enganada: Sim.

Ano que mais o marcou: 2020. Foi um ano muito importante a nível profissional.

Deputada ou  ministra,  qual dos dois cargos escolheria? Ministra da Cultura. Para desenvolver as artes, as actividades culturais, apoiar os jovens na conquista dos seus sonhos.

O que acha da corrupção? Eu acho que a corrupção é o mal de todas as sociedades. Onde existe corrupção, não existe evolução.

Homossexualidade: Eu penso que, a naturalidade e individualidade de cada um deve ser respeitada. Cada  um é livre de escolher o seu caminho.

Poligamia: Respeito e não aprovo quem a pratica.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente