Política

Municípios do Bié têm novas infra-estruturas

João Constantino | Cuito

Jornalista

Os municípios do Cuemba, Cunhinga e Camacupa, na província do Bié, ganharam novas infra-estruturas sociais, no quadro do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e das festividades alusivas ao Dia do Herói Nacional, assinalado sexta-feira última.

20/09/2021  Última atualização 09H45
Governador do Bié quando procedia a inauguração de um dos empreendimentos sociais © Fotografia por: João Constantino| Edições Novembro| Cuito
O governador do Bié, Pereira Alfredo, procedeu à entrega de novas instituições escolares, kits profissionais, e demais meios de trabalho à população carenciada.

O município de Camacupa ganhou uma escola de oito salas, no bairro Chivango, e um centro de serviços na Em-bala Chingui. A sede municipal do Cuemba está a beneficiar, pela primeira vez na  história, de tapete asfáltico, sendo que seis dos dez quilómetros de estrada já foram concluídos e entregues.


Ainda no  âmbito das festividades do Dia do Herói Nacional, o governador provincial  apresentou no município do Cunhinga, uma escola de sete salas, para acomodar 700 alunos em dois turnos.

À margem do acto  provincial do Dia do Herói Nacional, o governador Pereira Alfredo também entregou kits de saneamento básico, uma carrinha, tractor, 45 carros de mãos, 46 enxadas, pás, vassouras, bem como seis motorizadas de três rodas a ex-militares.

Pereira Alfredo disse, na ocasião, que o Executivo continua apostado na melhoria das condições de vida das populações, através da implementação de projectos de impacto social.


O governador defendeu o reforço da unidade entre os cidadãos, independentemente da sua etnia, religião ou filiação política,  e apelou para a denúncia de "actos nocivos", que possam comprometer a paz, reconciliação nacional e harmonia social das comunidades.

O  acto provincial foi testemunhado por membros do Governo, deputados à Assembleia Nacional, delegados provinciais, representantes dos órgãos de Defesa e Segurança, entidades eclesiásticas, autoridades tradicionais e população em geral.


Preservação dos bens públicos
O governador do Bié, Pereira Alfredo, apelou, ontem, na cidade do Cuito, às igrejas sedeadas na província para intensificarem as campanhas de moralização que visam a preservação dos bens públicos.

O governante, que falava no culto de acção de graça no âmbito das festividades do Dia do Fundador da Nação, na Igreja Metodista Unida Central do Cuito, condenou a onda de vandalismo que se constata um pouco por toda a região.Pereira Alfredo manifestou insatisfação pela forma como os malfeitores destruíram e roubaram grande parte dos cabos eléctricos da Avenida que liga o aeroporto "Joaquim Kapango", às instalações do Sporting Clube Petróleo do Bié.

Exortou, por isso, às denominações religiosas locais no sentido de ajudarem o Governo na transmissão de valores positivos aos filhos, de modo que possam conservar as escolas, unidades sanitárias, sistemas de água, centrais eléctrica, bem como outros equipamentos sociais.

A preservação dos bens públicos, referiu, vai possibilitar que as autoridades governamentais canalizem recursos financeiros em outros programas, virados ao bem-estar das populações, com realce para o interior da província.
Pereira Alfredo pediu, por outro lado, à impetuosidade das igrejas contribuírem na melhoria do saneamento básico, mobilizando os fiéis, no sentido de promoverem campanhas de limpeza nas residências e arredores, com vista a facilitar a combater a malária e outras doenças.

Solicitou também à necessidade de se sensibilizar os cristãos em idade eleitoral no sentido de afluírem, a partir do dia 23 do mês em curso, aos postos de registo, visando adquirir e actualizar o cartão eleitoral, que o habilita a exercer o seu direito de voto e de cidadania nas eleições gerais de 2022.

O governador garantiu estarem criadas todas as condições, quer humanas quer logísticas, para que o processo  decorra sem constrangimentos a nível da província.

O reverendo da Igreja Metodista Unida Central do Cuito, Benjamin Vunda, sublinhou ser papel permanente da igreja trabalhar não só na moralização da sociedade como também na conservação dos bens públicos, por intermédio da promoção do diálogo com os filhos e crentes.

Participaram no culto os membros do Governo local, assim como jovens vindo das províncias do Namibe, Moxico, Lunda Norte e Sul, Cuando Cubango, Malanje e Bié.

Angop



Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política