Sociedade

Município de Viana diz “sim” à campanha de ajuda a Cuba

Manuela Mateus

Administração Municipal de Viana doou, quinta-feira, oito toneladas de bens diversos a Cuba, para serem distribuídos aos afectados pelo furacão “Ian”, que fustigou, há dias, a maior ilha do Caribe.

06/11/2022  Última atualização 14H39
Donativo é composto por vários bens não perecíveis © Fotografia por: DR

O donativo é composto de bens alimentares não perecíveis, roupa usada, fraldas descartáveis e produtos de limpeza e foi entregue à Rádio Viana, para, por sua vez, fazer chegar à Associação dos Ex-Estudantes Angolanos em Cuba "Caimaneros”.

O movimento de solidariedade para com o povo cubano é uma iniciativa da associação, que, no âmbito da missão, está a recepcionar donativos, provenientes de todo o país, para serem transportados para Cuba.

Na cerimónia de entrega dos bens arrecadados, o administrador-adjunto de Viana, Edson Noy, informou à comunicação social que o donativo é resultante de uma campanha de mobilização realizada em todos os distritos e comunas do município.

Edson Noy apelou aos moradores do município de Viana que ainda não aderiram à causa solidária, que o façam, por estar o povo cubano a "passar por um momento difícil”.

O administrador municipal adjunto de Viana referiu que o movimento solidário é fruto dos "enormes laços de amizade entre Angola e Cuba”.

A campanha de recolha de donativos para Cuba começou, há mais de 15 dias, em todo o país.  No rol de donativos já entregues à Associação dos Ex-Estudantes Angolanos em Cuba estão 50 toneladas de produtos diversos doados pelo MPLA, em finais do mês passado, numa cerimónia presidida pela vice-presidente do partido.

Luísa Damião recordou, na ocasião, as relações históricas com Cuba, que "sempre esteve connosco nos momentos mais difíceis”. 

   INICIATIVA    DE GRUPO PRIVADO
Idosos do Beiral  festejam Natal antecipado

Paulo Caculo |

Os mais de 100 idosos do lar de assistência à pessoa da terceira idade, denominado Beiral, no Distrito Urbano do Rangel, celebraram sexta-feira, de forma antecipada, a festa de Natal, numa iniciativa da empresa Ary Barros.

Durante a acftividade, enquadrada nas comemorações do Dia Mundial do Idoso, assinalado a 1 de Outubro, os internados do Beiral tiveram a oportunidade de confraternizar, numa festa animada por palhaços, música ao vivo,  dança,  brindes e cestas básicas.

O grande objectivo da actividade, explicou Artur Barros da Costa, mentor da iniciativa solidária, foi  proporcionar aos utentes do centro de acolhimento momentos de alegria e satisfação, num ambiente festivo.

O Lar Beiral foi construído em 1963 e beneficiou, há pouco tempo, de obras de reabilitação e modernização, em virtude do estado de degradação que apresentava, com realce para fissuras e problemas eléctricos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade