Economia

Munícipes criam Comité de Gestão do orçamento

Arão Martins | Lubango

Jornalista

O município de Chipindo (456 quilómetros a leste da cidade do Lubango), Huíla, conta, desde ontem, com uma representação do Comité Técnico de Gestão do Orçamento dos Munícipes (CTGOM), eleita à margem de uma acção de formação consagrada ao Orçamento Participativo.

14/01/2022  Última atualização 08H25
© Fotografia por: DR
Constituída por 11 membros, a Comissão é coordenada por Lúcio Lara Jongolo, que é  coadjuvado por Jeremias Yessunga, segundo informações obtidas pela nossa reportagem durante a acção de formação orientada pelos técnicos do Gabinete do Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE) do Governo Provincial da Huíla, onde participaram mais de 90 munícipes das comunas de Bambi, sede do Chipindo e sector de Bunjei.

O administrador municipal adjunto de Chipindo, Moisés Canhina, disse que a formação e a eleição do Comité enquadram-se na institucionalização do "Orçamento Participativo”, na vertente do Orçamento dos munícipes, tal como estabelecem os Decretos Presidenciais nºs 234 e 235/19, de 22 Julho, onde se fixa a atribuição do valor anual de  25  milhões de kwanzas a cada município.

O coordenador do comité municipal eleito garantiu trabalhar com a comunidade na identificação das principais necessidades da população nas comunas de Bambi, sede do município de Chipindo e no sector de Bunjei e valorizou o orçamento do munícipe por ter como finalidade a satisfação das necessidades locais.

"Vamos trabalhar para que os munícipes se associem de forma directa no Orçamento Participativo, com vista a melhorar a qualidade de vida das populações do município.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia