Sociedade

Mulenvos de Baixo com mais energia

A capacidade de energia eléctrica no bairro Mulenvos de Baixo, Distrito Urbano do município de Cacuaco, aumentou, com a instalação ontem de cinco novos Postes de Transformação (PT), que vai beneficiar 2.500 habitantes.

04/02/2019  Última atualização 06H19
Francisco Lopes | Edições Novembro | Huambo © Fotografia por: Projecto de electrificação prevê a instalação de mil PT’s

Enquadrado no projecto de Electrificação e Ligações Domiciliares da província de Luanda, os cinco PT  instalados em sistema pré-pago foram inaugurados pela  administradora para a Área Técnica e Infra-estruturas de Cacuaco,Yolanda de Brito.
A responsável informou que o projecto contempla, para o município de Cacuaco, 292 PT   e cada poste de transformação tem capacida para  alimentar 2.500 famílias com energia eléctrica. “Vamos continuar a  trabalhar para que possamos, ainda este ano, atingir a meta de 292 PT, que consta da empreitada para o município”, afirmou.
Yolanda de Brito disse que a área dos Mulenvos de Baixo tem uma fraca abrangência de energia pública, daí a razão do aumento da potencia de energia e permitir também que haja novos  clientes para a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE).
A administradora espera que seja preservado o bem público para que todos possam beneficiar, apelando a população do bairro Mulenvo de Baixo a denunciar todo o acto de vandalismo que venha a registar.
Alexandre André, morador há dez anos nos Mulenvos de Baixo, classificou o momento  como histórico para a área, tendo em conta a importância da energia eléctrica para a vida da população. Sublinhou que com a instalação deste equipamento, muitas pessoas vão efectuar contratos com a Empresa Nacional de Distrinução de Energia (ENDE).
“ Não tínhamos a rede de electricidade pública e dependíamos de uma  outra privada. O contrato custava 80 mil kwanzas e por mês pagava-se, pelo consumo,  três a cinco mil kwanzas”, disse.
O projecto de Electrificação e Ligações Domiciliares de Luanda, financiado pela LCC, prevê a construção de cabines eléctricas e a instalação de mil PT .

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade