Política

MPLA promete “atenção especial” à indústria pesqueira no Namibe

JA Online

O Executivo do MPLA vai prestar uma “atenção especial” à indústria pesqueira na província do Namibe, através da implementação de políticas de incentivo, com o objectivo de aumentar a capacidade de captura do pescado, caso vença as Eleições Gerais de 24 de Agosto.

14/08/2022  Última atualização 14H32
Presidente do MPLA, João Lourenço © Fotografia por: EDIÇÕES NOVEMBRO

Esta promessa foi manifestada, este domingo, na cidade de Moçâmedes, pelo candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, que falava no acto político de massas, no quadro da campanha eleitoral.

"A indústria pesqueira aqui no Namibe é uma das principais fontes de receitas não só para o Estado, mas também para as famílias”, reconheceu João Lourenço, acrescentando que o sector é, igualmente, responsável pela oferta de empregos para a juventude.

"Sabemos dos problemas do sector e da necessidade de renovação da frota de captura que, embora seja privada, precisa de políticas de incentivo para que possam capturar cada vez mais pescado”, sublinhou.

João Lourenço afirmou, também, que o Executivo do MPLA reconhece a urgência da protecção "das nossas águas”, para quem está a ser feito um trabalho sério de fiscalização, sobretudo contra a pesca ilegal de frotas estrangeiras. "A pesca ilegal tem os dias contados”, sentenciou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política