Política

MPLA proibido de falhar se quiser continuar a governar

Joaquim Neto

Jornalista

O alerta veio do próprio secretário-geral do partido. “O MPLA está proibido de falhar, se quiser continuar a ser Governo, em 2022”, afirmou, no sábado, Paulo Pombolo, durante a conferência para a renovação de mandatos no Comité Municipal de Viana do MPLA.

27/09/2021  Última atualização 09H47
Paulo Pombolo testemunhou a conferência de renovação de mandatos no Comité de Viana © Fotografia por: Dombele Bernardo | Edições Novembro
O número três na hierarquia do MPLA exortou aos militantes para a necessidade de trabalharem afincadamente para a vitória do partido nas eleições gerais do próximo ano.

Luanda é a maior praça eleitoral do país e Viana é o município mais populoso, daí que os partidos estejam com as atenções viradas para aquele território.

Paulo Pombolo convidou todos os militantes e simpatizantes do MPLA a comparecerem nos balcões de actualização do registo eleitoral para votarem em massa no partido. Para o político, o MPLA é, ainda, "o maior e mais bem organizado partido de Angola”.

Em declarações ao Jornal de Angola, Paulo Pombolo afirmou que a conferência de renovação de mandatos do MPLA em Viana serviu para reafirmar a dinâmica mobilizativa do partido, tendo em vista a manutenção do poder político.

O Comité Municipal de Viana do MPLA elegeu Euclides da Costa, ao cargo de primeiro secretário. Os 100 mil militantes presentes na conferência de renovação de mandatos elegeram, ainda, um Comité Municipal composto por 137 membros, 72 delegados à conferência provincial, cinco candidatos ao Comité Provincial do MPLA e o mesmo número de delegados ao Congresso Ordinário do partido, que se realiza em Dezembro deste ano.

Os comités municipais do MPLA em Luanda, Cacuaco, Kilamba Kiaxi e Belas também realizaram, no sábado, as respectivas conferências de renovação de mandatos, na presença do 1º secretário provincial do partido, Bento Bento.

Tal como o secretário-geral do MPLA, Bento Bento pediu aos militantes, amigos e simpatizantes do partido maior comprometimento às orientações do líder do partido, à adesão massiva ao registo eleitoral oficioso, iniciado na passada quinta-feira, bem como o empenho de todos no combate político que se avizinha.

  Conferências em Luanda foram satisfatórias

O 1º secretário provincial de Luanda do MPLA considerou que as conferências municipais de renovação de mandatos alcançaram um nível satisfatório de organização e foram bastante concorridas.

"Em muitos casos, tivemos mais do que um candidato. No geral, foram processos muito disputados, com um grau de participação acima dos 98 por cento”, sublinhou.

Para Bento Bento, os encontros também foram "uma verdadeira demonstração de apoio à candidatura do líder à presidência do MPLA e cabeça de lista às eleições gerais de 2022”. "Foi o reafirmar da mobilização de todos os efectivos de militantes, amigos e simpatizantes do partido para uma só causa”, considerou.

Visita à Assembleia de Deus
O 1º secretário de Luanda do MPLA visitou, ontem, a Igreja Assembleia de Deus Pentecostal do Maculusso, sedeada no município de Talatona, onde manifestou a firmeza do partido e a prontidão de continuar a trabalhar para o bem das famílias, "mesmo diante de calúnias e difamações dos que só querem o mal dos outros”.

Na sua intervenção, bastante aplaudida pelas centenas de fiéis presentes naquela congregação religiosa, Bento Bento disse que são "bem aventurados os políticos que confiam no Senhor” e que "estava em casa, pois a Casa de Deus é casa de quem acredita e faz o bem”. "Nestes tempos difíceis, em que há calúnias, difamações, fofocas e perseguições, devemos manter-nos firmes. Viemos aqui para ser abençoados, porque quem entra numa casa como esta, tem de ser abençoado”, disse.

Em relação às políticas sociais do MPLA, o primeiro secretário de Luanda afirmou que a segurança pública na capital está no topo das prioridades. Por causa disso, garantiu, o Presidente da República, autorizou que se faça o recrutamento de novos efectivos para a Polícia Nacional, com vista o reforço e maior proximidade no policiamento na capital.

O representante legal da Assembleia de Deus Pentecostal em Angola, reverendo Francisco Sebastião, disse que a Igreja honra aqueles que a honram e também abençoa a todos os que nela se achegam.


Ismael Botelho e Isaque Lourenço

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política