Política

MPLA muda história política partidária de Angola

Yara Simão

Jornalista

Pela primeira vez na história da política angolana um partido alcança a paridade de género nos órgãos de direcção, disse há pouco, João Lourenço, o líder do MPLA.

09/12/2021  Última atualização 13H24
© Fotografia por: Kindala Manuel

O presidente do partido dos "camaradas" referiu que no que diz respeito à paridade de género e a promoção dos jovens, o MPLA acaba de dar um passo inédito ao assinalar, através do exemplo, o papel que deve ser reservado à mulher e aos jovens na política e na sociedade em geral.

"Isto vem reflectido não apenas na composição dos delegados, mas, sobretudo, na proposta de composição do Comité Central a ser eleito neste congresso”, reforçou.

João Lourenço assumiu o compromisso de promover a mulher e os jovens angolanos, reservando-lhes um lugar de destaque nos órgãos de direcção do partido nos diferentes escalões e instituições do poder em Angola, no Executivo, na Assembleia Nacional e na sociedade em geral.

Referiu que, a partir de agora, nada mais será como antes, pois o MPLA subiu a fasquia "bem alta”, o que, com certeza, vai exercer forte influência sobre a sociedade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política