Política

MPLA fortalece laços com o PCC e igrejas

Carlos Bastos

Jornalista

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, manteve, ontem, em Luanda, audiências separadas com o embaixador de Cuba, Óscar Leon González, e líderes de distintas denominações religiosas, com os quais tratou de assuntos ligados ao fomento da cooperação.

21/06/2024  Última atualização 10H50
Óscar González recebido pela vice-presidente Luísa Damião © Fotografia por: ARSÉNIO BRAVO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Em declarações à imprensa, à saída do encontro, o diplomata cubano ressaltou a forte cooperação histórica de irmandade, solidariedade e amizade que caracteriza as relações entre os dois partidos, povos e Governos. A ocasião serviu, também, para avaliar o intercâmbio entre o MPLA e o Partido Comunista de Cuba (PCC).

Óscar Leon Gonzalez disse que Cuba enfrenta um embargo económico, financeiro e comercial há décadas, agradecendo o apoio e a solidariedade do MPLA e do Governo angolano ao povo cubano.

Líderes religiosos

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, reuniu-se, igualmente, com o presidente da Missão Evangélica da Reconciliação em Angola, reverendo apóstolo Mawete Viticilo. O encontro serviu para demonstrar que a igreja é um parceiro do Estado e do partido no poder, frisou o religioso.

Segundo o reverendo, a reunião serviu para convidar Luísa Damião a participar no 35.º aniversário da congregação em Angola, a decorrer de 28 de Julho a 4 de Agosto de 2024, com a presença de fiéis de igrejas oriundos de Portugal, Luxemburgo, Bélgica, França, Argentina, Japão, Cuba, Lesotho, RDC, Congo, Gabão, Ghana, Nigéria e Inglaterra.

O secretário-geral da Igreja Evangélica Congregacional de Angola (IECA), André Cangovi Eurico, também recebido, ontem, disse que o encontro serviu para anunciar o fim do mandato.

"Também viemos agradecer o apoio dado durante o mandato de dez anos, como secretário-geral da igreja. Temos uma parceria para as acções sociais”, disse. O pastor da Igreja Ministério Internacional da Fé em Portugal, Edvaldo Simão, mostrou-se grato pela audiência.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política