Política

MPLA em Luanda exorta à convivência pacífica

O primeiro secretário do MPLA em Luanda, Bento Bento, afirmou, ontem, que a intolerância política, sobretudo, em ano pré-eleitoral não contribui para o processo de consolidação e manutenção da democracia.

16/10/2021  Última atualização 08H15
Primeiro secretário do MPLA em Luanda Bento Bento © Fotografia por: José Soares | Edições Novembro
Em declarações à imprensa, no município de Talatona, depois de ter feito o registo eleitoral oficioso, no Balcão Único de Atendimento ao Público (BUAP), Bento Bento apelou  para  a convivência serena e pacífica entre os actores dos partidos políticos e activistas, promovendo a preservação da paz, unidade e a reconciliação nacional.

O político disse que os comités, provincial e distritais, do MPLA são alvos de "sistemáticos abusos" por parte de militantes de partidos políticos da oposição e alegados activistas, com a retirada de panfletos e de bandeiras do partido.

 "A postura dos partidos políticos deve ser de passividade, de tolerância e de patriotismo, porque todos nós, angolanos, temos o dever cívico de proteger a nossa Nação com dignidade, honra e harmonia democrática”, disse.

Bento Bento aconselhou os membros de outras formações políticas a respeitarem os outros partidos e os angolanos em geral, porque "ninguém é obrigado a se filiar ou a aderir a um partido".

Esclareceu que slogan usado pelo partido "já está" não significa que as eleições de 2022 já estão ganhas, mas sim que o MPLA está a trabalhar e a mobilizar-se para concretizar a vitória nas urnas, pois as eleições são ganhas com trabalho político antecipado, a partir das bases.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política