Regiões

MPLA atento aos problemas sociais

Victorino Matias | Dundo

Jornalista

O secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, defendeu sábado (6) no Dundo, Lunda-Norte, que os comités provinciais do partido devem prestar atenção especial à resolução dos problemas sociais que afligem as populações de cada uma das circunscrições.

07/11/2021  Última atualização 15H29
© Fotografia por: DR

No fecho da XII Conferência de Balanço e Renovação de Mandatos, que reconduziu Ernesto Muangala ao cargo de primeiro secretário provincial do MPLA da Lunda-Norte, Pombolo disse se deve continuar a trabalhar com a mesma dinâmica para transformação dos Comités de Acção do Partido em centros de debate, discussão dos reais problemas das comunidades, transmitindo os programas e projectos que satisfaçam as necessidades da maioria.

O secretário-geral do MPLA alertou que não basta o slogan "em 2022 quando assustarem já está", se não houver trabalho e empenho da direcção do partido em garantir a implementação de projecto de impacto social, com reflexos positivos na vida das famílias.   

Paulo Pombolo desafiou a direcção do MPLA na Lunda-Norte "a resgatar o deputado perdido nas eleições gerais de 2017” para a oposição, pois nos cinco possíveis conseguiu quatro naquele círculo, pelo que para 2022 a meta é o pleno em termos de número de representantes do povo na Assembleia Nacional.

Concluiu que para se alcançar esse resultado tem de haver preservação da unidade e coesão interna no partido.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões