Regiões

Moxico: Governo vai construir 90 escolas em cinco anos

José Rufino | Luena

Jornalista

O Governo Provincial do Moxico anunciou, no sábado, no Luena, a construção de 90 escolas, nos próximos cinco anos, para retirar mais de 60 mil alunos que se encontram a estudar em péssimas condições.

25/07/2022  Última atualização 09H01
© Fotografia por: DR

O governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, que avançou o facto, durante um encontro com um grupo de jovens, designado "Café de ideias”, reconheceu que este projecto é urgente, tendo em conta que a situação de acomodação das crianças e professores afecta, negativamente, o processo de ensino e aprendizagem.

Gonçalves Muandumba afirmou que a melhoria do sector da Educação continua a ser o grande desafio das autoridades, razão pela qual foram admitidos, desde 2018, quatro mil novos funcionários, entre professores e pessoal administrativo.

O governador acrescentou que o número  de crianças matriculadas, no ano lectivo que está a terminar, é de 267 mil alunos. Esta cifra pode aumentar, em breve, tendo em conta as acções que vão ser levadas a cabo, garantiu. Gonçalves Muandumba mostrou-se, ainda, preocupado com a escassez e, nalguns casos, falta de laboratórios, bibliotecas e outros serviços de apoio ao ensino, na maioria dos institutos superiores e técnicos profissionais.

Por isso, anunciou a construção de um centro universitário, para garantir mais qualidade de ensino. Neste momento, disse que a empresa que vai executar as obras desta estrutura já fez o levantamento para o projecto arrancar.

O governador esclareceu, igualmente, que o Governo  local já pagou, na totalidade, a dívida que tinha com os alfabetizadores, e exortou a sociedade civil, em particular às igrejas, a enfrentarem com serenidade e acutilância as soluções para diminuir o índice de analfabetismo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões