Economia

Moxico: Fábrica de cimento prevê criar mais de dois mil empregos

JA Online

Uma nova empresa denominada (Cimeleste Vungo Indústria, Lda) vocacionada para produção e comercialização de cimento vai nascer no país, na região de Cazombo, província do Moxico, e prevê criar mais dois mil empregos.

16/08/2022  Última atualização 21H00
© Fotografia por: Cedida

Segundo um comunicado de imprensa enviado hoje ao Jorna de Angola Online, a firma é originária do Canadá, com um investimento avaliado em mais de 50 milhões de dólares "e uma capacidade de produção de 1.500 toneladas de cimento/dia".

Dada a sua dimensão, refere o documento, a empresa pretende se posicionar no mercado como uma das potenciais produtoras de cimento, devendo contribuir para aumentar a concorrência e reduzir os preços da venda.

"A Cimeleste Vungo contribuirá, desta forma, para garantir a  empregabilidade a mais duas mil e 300 pessoas, na sua maioria jovens, sendo 800 empregos directos e mil e quinhentos indirectos", lê-se no comunicado.

A produção da Cimeleste Vungo visará o abastecimento do mercado do Leste, Sul e Norte do país, num projecto que visará contribuir para acautelar a enorme procura do produto naquelas paragens.

A implantação da Cimeleste Vungo, remata o comunicado, obrigará vários outros investimentos em  infra-estruturas adicionais, com destaque para a construção de uma Vila Residencial para os trabalhadores, hospital, mini hídrica, central de captação de água e escolas de formação  profissional, bem como a criação de condições para a prática de  agricultura, agropecuária e construção de vias de acesso.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia