Cultura

Mostra encerra festividades da Dipanda em Talatona

Uma exposição de pintura composta por 14 obras aberta ao público desde sexta-feira, no Hotel Florença, marca o encerramento das festividades, em alusão ao quadragésimo sétimo aniversário da Independência Nacional, no município de Talatona, em Luanda.

28/11/2022  Última atualização 10H07
Uma das obras de pintura patente no Hotel Florença © Fotografia por: DR

Sob o lema "Angolanos de Mãos Dadas Para o Futuro”, os quadros de artistas plásticos nacionais e estrangeiros, retratam o dia-a-dia dos angolanos, as paisagens e os pontos históricos. As obras com preços que variam entre os cinco e os 60 mil kwanzas, retratam, ainda, o instrumento musical marimba, caçadores, imbondeiro, O Pensador, símbolo da cultura  nacional, mapa de África e a Rainha Njinga Mbande.

Em declarações à Angop, o administrador do município do Talatona, Rui Duarte, considerou de excelentes as imagens das obras e garantiu para breve a criação de um espaço para venda de peças artesanais. Para o responsável, a arte engrandece a cultura de qualquer país, por este facto deve ser respeitada e valorizada no município. O director municipal da Cultura, John Belas, defende ser necessário aliar a arte ao turismo cultural, mas para isso os artistas precisam de um espaço para comercializar os produtos.

Segundo o também escritor, a ideia de organizar a exposição numa unidade hoteleira é de divulgar o trabalho a todo o tipo de clientes. Explicou que o fraco volume de venda, parte da mentalidade de que os quadros são caros, dando azo para fraca apreciação da cultura das belas artes que considera imprescindível o seu cultivo desde tenra idade.

A responsável da unidade hoteleira, Patrícia Cardoso, mostrou-se honrada e regozijada com a realização do evento que representa a história cultural do país.

O evento visou, igualmente, expandir o turismo cultural no município, bem como promover o empreendedorismo no seio dos fazedores de arte da localidade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura