Sociedade

Moradores da Sapú solicitam reforço no policiamento

Mário Cohen

Jornalista

Moradores do bairro Casas Azuis, na Sapú II, Distrito Urbano do Kikuxi, em Luanda, solicitam mais iluminação e policiamento devido aos casos de violação e assassinato, que tendem a aumentar.

24/01/2022  Última atualização 05H15
Mais patrulhamento apeado precisa-se no bairro da Sapú © Fotografia por: DR
Em menos de três meses, referem, duas jovens foram violadas e assassinadas, devido à escuridão e ao fraco policiamento.
O caso mais recente é de uma jovem de 21 anos, de nome Sofia, que foi assassinada na noite do passado dia 11.
A jovem foi encontrada na manhã seguinte sem roupa, nas imediações da casa do futuro sogro.Os homicidas, conta o tio da vítima, fizeram vários cortes e introduziram objectos, como paus, nos órgãos genitais da jovem.
Horas antes, acrescenta, a jovem estava a conviver com as amigas e depois foi para casa. A irmã mais nova da malograda explica que pediu-lhe para que não voltasse a sair, mas ela respondeu que não havia de demorar e que ia apenas ter com uma vizinha, que lhe tinha telefonado.
Para as vizinhas, a morte da jovem Sofia necessita de uma investigação séria, porque, no ano passado, uma amiga dela também foi morta da mesma forma.

No passado mês de Novembro, recorde-se, uma jovem de 21 anos, de nome Glória, foi apedrejada até à morte, nas imediações da Mutamba, na via Expressa, a alguns metros da paragem do Weza Paradise.
A jovem foi encontrada com a sua filha menor, que não foi molestada.

Segundo os familiares, até ao momento desconhece-se os autores do crime.Segundo moradores, Seba, Kididi Kinhame, Paraíso no Campo e do Jango são as áreas mais críticas em termos de criminalidade, com muitos crimes a serem praticados à luz do dia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade