Mundo

Moçambique: Comandante militar diz que “a situação vai demorar para normalizar”

O comandante da Missão de Treinos da União Europeia (UETM) em Moçambique considera que a reposição da segurança no Norte “está no caminho certo”, mas “até a situação estar completamente controlada, ainda vai demorar muito tempo”.

27/06/2022  Última atualização 11H07
© Fotografia por: DR

O "caminho” percorrido desde há cerca de um ano no combate aos grupos rebeldes na província de Cabo Delgado "está certo”, sublinhou em entrevista à Lusa o brigadeiro-general português Nuno Lemos Pires.

"Agora, até a situação estar completamente controlada, todos temos noção de que, como em qualquer outra situação de contraterrorismo no mundo, ainda vai demorar muito tempo”, acrescentou o líder da missão europeia de treino militar, embora admitindo que isso "não quer dizer que não exista, por vezes, alguns sustos e retrocessos”. "Isso faz parte do que é uma acção desempenhada contra os terroristas”, disse.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo