Cultura

Mística dos tambores é hoje apresentada

Analtino Santos

Jornalista

O livro “A mística e o Simbolismo dos Tambores” será apresentado oficialmente esta quinta-feira(18), a partir das 18h00, no Salão de Festas VIP, no Morro Bento, a venda e o lançamento acontecerá domingo, a partir das 9h00, no Largo da Unidade Africana, no Miramar.

18/11/2021  Última atualização 09H45
Os Tambores © Fotografia por: DR
Durante o evento de hoje, uma formação constituída por artistas de várias gerações brindará os presentes com os principais sucessos da história da música angolana, que tiveram a participação de tamborista. Domingo, o local foi escolhido pela proximidade ao Bairro Operário "BO” onde a história musical do percurssionista, com mais de seis décadas, começou.
 
O livro produzido pela Brasom teve a coordenação do jornalista Jomo Fortunato e será acompanhado por um documentário com passagens do concerto de homenagem a Joãozinho Morgado realizado no dia 7 de Março deste ano e depoimentos de colegas e amigos. Nguxi dos Santos foi o realizador do documentário,  projecto de Ilídio Brás, o responsável por este ciclo de homenagens.

A obra "A mística e o Simbolismo dos Tambores” traz incidências da carreira artística do rei dos tambores na visão de colegas como: Dionísio Rocha, Botto Trindade, Carlos Lamartine, Carlos Timóteo "Calili” e outros, assim como os percussionistas: Chico Santos, Miguel Correia, Manú, Dalú Roggé, o sobrinho Teles Morgado e Bucho, tido como um dos principais continuadores da execução nos tambores de Joãozinho Morgado.

João Lourenço Morgado nasceu aos 7 de Fevereiro de 1947 e muito cedo começa a interessar-se pelos tambores e o movimento artístico com forte influência da mãe, Antonica Dya Geraldo, tamborista em momentos festivos e fúnebres, assim como do pai Mestre Geraldo, um dinamizador das manifestações culturais luandenses, destacando-se na massemba e Carnaval.

Fundou os Negoleiros do Ritmo aos 13 anos de idade e esteve na formação do Conjunto Os Merengues, Banda Madizeza, Banda Welwítschia, Banda Maravilha e passagens por várias formações.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura