Política

Missões diplomáticas recebem formação sobre registo eleitoral

A formação de formadores nas missões diplomáticas e consulares no exterior sobre o registo eleitoral oficioso arranca em Novembro com seminários virtuais, disse hoje o ministro da Administração do Território (MAT).

14/10/2021  Última atualização 19H54
© Fotografia por: DR

Marcy Lopes informou que uma equipa de técnicos do MAT desloca-se na próxima ao exterior do país para aferir o grau de preparação do arranque do registo eleitoral.

O ministro apresentou à Comissão Nacional Eleitoral (CNE) a estratégia do órgão que dirige sobre o registo de cidadãos a nível das 76 missões diplomáticas e consulares espalhadas em 57 países.

Em declarações no final do encontro com o plenário da CNE, o governante apontou vários desafios na preparação do registo eleitoral no exterior, nomeadamente a adesão ao processo, a logística e a materialização dos dados para posterior envio à entidade eleitoral.

O registo eleitoral no exterior deve arrancar a partir de 5 de Janeiro de 2022, conforme fez saber na quarta-feira o director nacional do Registo Oficioso, Fernando Paixão, cujo processo abrange a actualização de cerca de 400 mil angolanos residentes no exterior.

À luz da Lei de Revisão Constitucional os angolanos residentes no exterior vão votar pela primeira vez nas Eleições Gerais previstas para 2022.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política