Política

MIREX consternado com a morte de França Van-Dúnem

JA Online

O Ministério das Relações Exteriores (MIREX) lamentou com “profunda dor e consternação” o falecimento esta quarta-feira, do embaixador na reforma, Fernando José de França Van-Dúnem, vítima de doença, aos 90 anos, ocorrido em Lisboa, Portugal.

12/06/2024  Última atualização 15H39
© Fotografia por: DR | Arquivo

Numa mensagem de condolências, assinada pelo chefe da diplomacia angolana, Téte António, lê-se que Fernando José de França Van-Dúnem foi quadro sénior do Ministério das Relações Exteriores, "onde desempenhou as funções de vice-ministro do MIREX e embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Angola em Portugal e no Reino da Bélgica.

Na arena internacional, realça a missiva, o malogrado diplomata foi ainda alto funcionário da então Organização da Unidade Africana (OUA), actualmente União Africana e, durante muito tempo, responsável pela sua administração em Addis Abeba, República Federal Democrática da Etiópia.

"Foi igualmente o 1.° Vice-Presidente do Parlamento Pan-africano”, escreveu Téte António.

 "Nesta hora de dor e luto, endereço em nome da Direcção do Ministério das Relações Exteriores, de todos os diplomatas e demais funcionários as mais sentidas condolências, extensivas à família do malogrado diplomata, exprimindo toda a nossa solidariedade e respeito”, conclui o documento.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política