Economia

Ministro lança programa avícola no Cuanza-Norte

O ministro da Agricultura e Florestas, António de Assis, visita hoje e amanhã a província do Cuanza-Norte, para participar no acto de lançamento do Programa de Fomento da Produção Avícola Familiar.

03/01/2020  Última atualização 12H43
DR

Em comunicado, o ministério refere que o Programa de Fomento da Produção Avícola Familiar é um dos desafios do sector para o ano de 2020, visando, fundamentalmente, o aumento da produção interna e a redução das importações.

Café armazenado

O mau estado das vias que ligam as principais fazendas cafeícolas nas comunas do Bindo e Tango, à sede municipal de Ambaca, condiciona o escoamento de oito mil toneladas de café armazenadas nos terreiros dos produtores locais.
Segundo o chefe da Brigada Técnica do Café em Ambaca, Santana Sebastião, o acentuado grau de degradação em que se encontram os troços que ligam Camabatela às sedes comunais está a inviabilizar o processo de compra do bago.
“Os compradores reclamam das condições em que se encontram as vias que dão para as comunas”, disse, acrescentando que, no Tango, existem cinco mil toneladas por vender, enquanto no Bindo estão armazenadas outras três mil.
O responsável solicitou, em declarações ao Jornal de Angola, a reparação das estradas de terra batida, por forma a facilitar o escoamento do café das comunas para a vila de Camabatela, ou facilitar a ida dos compradores a estas zonas, notando que, em 2019, foram colhidas 500 toneladas de café Mabuba, mais 250 em relação ao ano 2018.
A Brigada Técnica reclama ainda da falta de crédito bancário, introdução de novas mudas, com maior pendor de produção, de forma a incrementar os níveis de cultivo na região.
Outra inquietação dos cafeicultores de Ambaca são os preços de venda, estabelecidos entre 130 e 150 kwanzas por quilo, considerados baixos pelos produtores, atendendo aos custos de produção, que vão desde a sacha, à poda e ao transporte.
O Cuanza-Norte possui 1.859 produtores familiares registados, 751 dos quais em pleno exercício, com uma produção média de 15 a 20 hectares por ano.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia