Cultura

Ministro da Cultura lamenta morte do Rei do Povo Bunda

O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato, lamentou, ontem, em Luanda, o falecimento do Rei Mbando Mwe Mbando Lifuti, “Mwe Mbando III”, Monarca do Povo Bunda, ocorrido no Hospital Geral do Moxico, vítima de doença.

22/07/2021  Última atualização 08H20
Soberano Mbando Mwe Mbando Lifuti “Mwe Mbando III” © Fotografia por: DR
Em nota de condolências dirigida à família e ao Povo Bunda, o ministro Jomo Fortunato refere que foi com profunda dor e consternação que tomou  conhecimento do falecimento do soberano.

Filho de Mwe Luneta Lifuti e Ngambo Lixizo, o Rei Mwe Mbando III nasceu no dia 9 de Agosto de 1950, no Vale do Rio Luati, comuna de Ninda, município dos Bundas, província do Moxico.

Na nota de pesar, o titular da pasta da Cultura destaca as qualidades do Rei Mbando Mwe Mbando Lifuti, "Mwe Mbando III”.

Além de "acérrimo defensor da cultura africana, homem de uma cosmovisão e sabedoria abrangente, o Rei Mwe Mbando III foi um exímio historiador, e, sobretudo, detentor de uma singular probidade de carácter,  lealdade exemplar e integridade admirável”.

O falecido, o vigésimo terceiro rei, de acordo com a classificação de chefes supremos da soberania Bunda,  deixa para as futuras gerações um legado notável.

Nesta hora de dor e tristeza, em nome de todos os funcionários e colaboradores do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, o ministro Jomo Fortunato endereça à família enlutada e ao Povo dos Bundas os mais profundos sentimentos de pesar.

Em 2018, O Rei dos Bundas, Mwene Mbando III, defendeu, no Luena, uma selecção dos municípios para a implementação das eleições autárquicas, alegando que o país apresenta realidades diferentes.
Para o Rei dos Bundas, a implantação das autarquias, em simultâneo nos 164 municípios, poderá criar desníveis no desenvolvimento económico e social, porque há circunscrições que não dispõem de recursos naturais e humanos suficientes para o efeito.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura