Sociedade

Ministra apela à inclusão de pessoas com deficiência auditiva

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher apelou hoje à inclusão da pessoa com deficiência auditiva e recordou que deve começar na família e sociedade, justificando que “merece uma protecção especial do Estado, no processo de desenvolvimento inclusivo e sustentável”.

30/09/2021  Última atualização 22H28
Ministra Faustina Alves defende inclusão social © Fotografia por: DR

Em nota, Faustina Alves sublinhou que esta atitude contribui para a promoção de uma sociedade resiliente e considerou que "a deficiência não deve ser motivo para discriminação, estigma, preconceito, ofensa e tratamento desigual”.

Recomendou o cabal cumprimento da Lei das Acessibilidades - Lei n.º 10/16 de 27 de Julho, com vista a garantir maior acessibilidade comunicacional, atitudinal, metodológica e instrumental, para que haja uma participação, afirmação pessoal e social de todos com deficiência auditiva.

Faustina Alves referiu que, apesar dos avanços que se verificam no país no domínio da acessibilidade comunicacional, com a implementação da Interpretação em Língua Gestual Angolana na Televisão Pública de Angola, ainda há muito a ser feito.

Na sua declaração alusiva ao 30 de Setembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência Auditiva (surdo), a ministra lembrou que "esta medida acabou despertando um isolamento cultural e, consequentemente, a negação da cultura e da identidade da pessoa com deficiência auditiva”.

Por isso, Faustina Alves assinalou que "foi o momento mais obscuro da história das pessoas com deficiência auditiva” e explicou as razões da adopção da efeméride.

O dia foi escolhido em Milão (Itália), durante a Conferência Internacional de Educadores de Pessoas com Deficiência Auditiva, tendo, desde então, sido declarado que a educação oralista era a mais apropriada que a língua gestual e, em consequência, aprovou-se uma resolução a respeito.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade