Economia

Ministério da Economia e Planeamento tem 50 vagas

Isaque Lourenço

Jornalista

O Ministério da Economia e Planeamento anunciou, ontem, a abertura até início do mês de Agosto, de um concurso público de ingresso para o provimento de 50 lugares em diversas categorias.

28/07/2022  Última atualização 07H50
Licenciados em várias discplinas de Economia, Gestão e outras com mais oportunidades © Fotografia por: Edições Novembro

De acordo com o despacho do titular do órgão, publicado nas páginas do Jornal de Angola, o concurso é valido para um período de 12 meses.

A admissão deverá ser orientada pela Escola Nacional de Administração e Políticas Políticas (ENAPP), na qualidade de Entidade Recrutadora Única de Quadros da Administração Central, cabendo a esta a missão de anunciar, organizar, conduzir e gerir o referido concurso. Contudo, das 50 vagas, duas ficam reservadas em exclusivo para candidatos portadores de deficiência, sendo uma para a especialidade de Economia e outra para Direito.

Entre as áreas requisitadas, o comunicado faz saber que 20 lugares são para técnico superior de 2ª classe, na especialidade de economia, dos quais 14 economistas, dois (2) para macro-economia, dois (2) para a área de economia agrária e outros dois (2) para a área de economia industrial.

Há ainda quatro (4) lugares para técnico superior de 2ª classe, para a especialidade de Direito. Outros oito (8) lugares para a categoria de técnico superior de 2ª classe para a especialidade de engenheiro informático; cinco (5) lugares são reservados para técnicos superiores de 2ª classe para as especialidades de gestão de empresas, com dois (2) lugares de finanças e iguais dois (2) em estatística; Também estão reservados quatro (4) vagas para a categoria de técnico superior de 2ª classe, para a especialidade de comunicação, com dois (2) lugares e design, de igual modo, com dois (2). Para as especialidades de sociólogo estão à disposição dois (2) lugares; arquitecto um (1); ambientalista um (1) e historiador também um (1). Para a especialidade de turismo, o MEP abriu uma vaga para dois (2) técnicos superiores de 2ª classe e os outros restantes dois (2) lugares reservam-se para técnicos superiores de 2ª classe na especialidade de Relações Internacionais.

Segundo o anúncio que informa as vagas, os candidatos devem enviar requerimento dirigido ao ministro da Economia e Planeamento, num prazo de 20 dias, a contar desde 19 de Julho.

Os candidatos devem, segundo o anúncio, com o requerimento, incluir cópia do Bilhete de Identidade; cópia do certificado de habilitações; cópia da Declaração de Estudos; Relatório médico a atestar o tipo e grau de incapacidade do candidato com deficiências, isso de acordo com a tabela nacional de incapacidades e um atestado medido, que pode ser apresentado até 45 dias úteis, após a publicação da lista de resultados finais.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia