Política

Militares revivem trajectória de Neto

Gabriel Bunga

Jornalista

Efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) familiarizaram-se, segunda-feira, em Luanda, com a trajectória da vida e obra do Fundador da Nação angolana, Dr. António Agostinho Neto, pela voz autorizada do político e nacionalista Roberto de Almeida que partilhou, na primeira pessoa, alguns dos momentos passados com o Herói, para quem Neto foi um homem de grande personalidade, cujos feitos ficarão para a eternidade.

24/05/2022  Última atualização 08H24
© Fotografia por: Maria Augusta | Edições Novembro

Roberto de Almeida, que estava acompanhado do nacionalista e deputado Julião Mateus Paulo "Dino Matross", disse que Agostinho Neto desempenhou um papel fundamental na libertação não só de Angola mas também da África Austral. enfatizou que, se se olhar para a mensagem política passada través da poesia, apercebe-se de como está virado para encontrar uma solução que servisse a todos.

"A África é um corpo inerte, onde cada abutre vem debicar o seu pedaço", exaltou o político, tendo feito saber que este verso enuncia o princípio de um combate pela libertação. Durante a palestra, com o tema "A dimensão do Dr. António Agostinho Neto na libertação de África", realizada no Memorial "Agostinho Neto", no quadro das comemorações do seu centenário, Roberto de Almeida detalhou a sua trajectória como estudante, político, poeta e médico.

O político e nacionalista do MPLA referiu, em jeito de consolidação,  que a acção desenvolvida por Agostinho Neto permitiu a libertação de alguns países africanos do jugo colonial, tendo contribuído para o fim do Apartheid na África do Sul. "Não devemos nos esquecer que os avanços que tivemos para a aprovação pela ONU da resolução 435/78 para a Independência da Namíbia, começou com uma acção de Agostinho Neto, quando convidou o então Secretário-Geral da ONU a visitar Angola, a quem propôs a criação de uma "zona militarizada" na fronteira entre os dois países, portanto, entre Angola e Namíbia", revelou Roberto de Almeida. Neto, disse, pugnou sempre pela integridade do território nacional, pela unidade do povo e  pela Independência.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política