Economia

México tem interesse no agrário do Moxico

O México tem interesse em investir no sector agrícola na província do Moxico, com vista a aproveitar as potencialidades existentes em termos de solos aráveis, clima e de rios.

18/05/2022  Última atualização 08H30
© Fotografia por: DR

A pretensão foi manifestada pela representante da embaixada desse país da América do Norte, Giuliana Arcila, em declarações à imprensa, no final de uma visita ao projecto agro-pecuário de Camaiangala, construído no município de Camanongue, província do Moxico.

A diplomata reconheceu a imensidão de terra e da água que deve ser aproveitada, a fim de se desenvolver, em grande escala, o sector agrícola e mostrou-se impressionada com a grandiosidade do projecto agro-pecuário de Camaiangala e das pequenas fazendas da comuna de Lucusse.

Prometeu que vai levar amostras de terra, imagens fotográficas e vídeos aos potenciais empresários do seu país, para investirem na agricultura no Moxico, contando com o auxílio das câmaras de comércios dos dois países.

Por sua vez, o supervisor do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) no Moxico, Mucazo Vumbi, considerou a visita como sendo próspera uma vez que, estes diplomatas, além das promessas de investirem na região, podem transferir ao país técnicas e tecnologias agrárias.

Camanongue tem terras propícias para o cultivo de milho, feijão, soja e para a criação do gado bovino, suíno e caprino.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia