Economia

Mercado secundário tem melhor opção para compras

Os mercados e praças de Luanda, com o padrão de “informalidade”, apresentaram, na quarta semana de Abril, as melhores oportunidades de compra de produtos da cesta básica, com uma variação de preço de 1,42 por cento, comparativamente aos praticados na terceira semana do mês passado.

02/05/2022  Última atualização 09H00
© Fotografia por: DR

Na actividade comercial na "informalidade” verificou-se uma redução de preços em quase todos os mercados, com destaque para os Kwanzas, na ordem de 2,42 por cento, Kikolo (2,29%) e Quilómetro Trinta (1,90%), ainda que o Mercado Asa Branca tenha sido o único a apresentar um ligeiro aumento de preços, de 0,81 por cento.

Os preços dos produtos da cesta básica nos mercados "informais”, da terceira para a quarta semana de Abril, caíram 1,42 por cento e os produtos que muito contribuíram para essa redução foram o açúcar, com 8,84%, o arroz corrente, com 7,99%,  e a coxa de frango, com 4,91%.

Em termos gerais, a variação de preço dos produtos da cesta básica, da terceira para a quarta semana do mês de Abril, registou uma redução assinalável de 0,02 por cento.

Vários produtos tiveram aumento de preço, mas os mais notáveis registaram-se com o quilograma de feijão, que subiu 9,32 por cento, a carne de vaca (2,94%) e a fuba de bombó (1,76%). Por outro lado, registou-se uma redução de preços em produtos como tomate (2,79 por cento), fuba de milho amarelo (2,60%) e massa esparguete (1,92%).

As maiores variações de preço, no período em análise, foram registadas nas redes de supermercados Casa dos Frescos, com 7,66 por cento, Fresmart, com 5,84%, e Kibabo, com 5,21%. Do mesmo modo, observou-se uma descida de preços no Kero, de 2,22 por cento, na Maxi (1,83%) e Alimenta Angola (1,75%).

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia