Sociedade

Mercado da Funda está pronto para receber novos vendedores

Manuel Barros| Cacuaco

O mercado da comuna da Funda, no município de Cacuaco, em Luanda, está pronto para receber novos vendedores, graças aos trabalhos de ampliação e melhoria das condições das suas estruturas físicas efectuados recentemente pelas autoridades locais, com vista a atrair mais vendedores que até ao momento efectuam as vendas nas ruas.

28/06/2022  Última atualização 09H25
© Fotografia por: Dr

O administrador do mercado, Kianguebeni Francisco garantiu que a  comunidade de vendedores da Funda tem agora melhores estruturas para efectuar com dignidade a sua actividade e deixar a rua para comercializar os seus produtos. 

Para atrair maior número de pessoas para dentro do mercado, a nova administração aumentou o número de bancadas de 45 para 100, melhorou as condições de higiene, com a recolha regular de lixo e outras para garantir melhores condições de venda e para os usuários do mercado.   "Quando chegamos aqui, há dois anos, encontrámos um mercado praticamente abandonado, com muito lixo, bancadas estragadas e os vendedores na sua maioria a comercializar os produtos na rua. Hoje, a realidade é diferente e queremos que os comerciantes regressem ao mercado”, referiu o administrador. 

 "Vamos continuar com o processo de sensibilização dos vendedores para que voltem dentro do mercado, para fazerem as suas actividades em segurança e conforto”, salientou. 

Kianguebeni Francisco referiu que a afluência dos compradores e vendedores aumentou e constata-se, particularmente, a venda e compra de produtos de campo, sendo esta uma característica da região. 

" A Funda é uma comuna agrícola e a maior parte da sua população é camponesa. Desta feita, o nosso mercado vende particularmente, produtos do campo, uma vez que são os mesmos que produzem e são eles próprios que os comercializam”, disse. 

Acrescentou que, também, é possível encontrar no mercado produtos industriais como óleo, sabão, sal, açúcar, massa alimentar, arroz, etc. 

  "A intenção principal é ter todos vendedores dentro do mercado, para poder desempenhar melhor o seu trabalho” , sustentou. 

O mercado da Funda conta com três fiscais e dois seguranças em regime de turnos, que tratam de garantir a ordem e tranquilidade do mercado. 

De acordo com o administrador, o mercado tem ainda uma facturação diária de cerca de seis mil kwanzas, sendo que cada vendedor paga uma taxa de 100 kwanzas por cada metro quadrado. 

" A nossa intenção é aumentar o número de vendedores no mercado, por isso continuamos a sensibilizar quem ainda vende fora do mercado para vermos subir a nossa facturação e podermos melhorar ainda mais  as condições do mercado”, augurou. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade