Sociedade

Meliante é morto ao assaltar cidadã

André da Costa

Jornalista

Um jovem, que em vida respondia pelo nome de Bento Mendes António, de 16 anos, foi morto terça-feira, no município do Kilamba-Kiaxi, em Luanda, por disparo de arma de fogo, quando tentava assaltar uma cidadã indefesa.

03/08/2022  Última atualização 07H50
Nestor Goubel reprova acção de justiça por mãos próprias © Fotografia por: Alberto Pedro | Edições Novembro

O porta-voz do Comando Provincial de Luanda, da Polícia Nacional, superintendente Nestor Goubel, disse, ontem, ao Jornal de Angola, que o crime ocorreu por volta da meia-noite, quando o malogrado, em companhia de outro comparsa, se depararam com uma cidadã, a entrar na própria residência e tentaram receber os pertences desta.

Ao clamar insistentemente por ajuda, esclareceu, surgiu um indivíduo, desconhecido, armado com uma pistola, que efectuou um disparo, atingindo mortalmente no peito Bento António. "O cidadão em causa está em fuga, assim como o comparsa do malogrado”, revelou.

Nestor Goubel aconselhou os jovens a evitarem fazer "justiça por mãos próprias” e encaminharem os prevaricadores, caso sejam apanhados, até uma esquadra de Polícia próxima, "de forma que este seja responsabilizado criminalmente, de acordo com o delito cometido”.

A Polícia Nacional, acrescentou, está a realizar diligências no sentido de localizar os autor do disparo, que vitimou Bento António, assim como o comparsa do malogrado. "Para manter o sentimento de segurança dos cidadãos, a corporação tem realizados acções de patrulhamento em alguns bairros, onde a população tem apresentado muitas inquietações, quanto aos assaltos”, informou. 

Combate

No quadro do programa de combate a criminalidade, esclareceu, as autoridades, afectas ao Serviço de Investigação Criminal de Luanda vão apresentar hoje, na esquadra do Ngola Kiluanje, 11 indivíduos, implicados nos crimes de assaltos, com lesões às vítimas, na via pública e residências.    

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade